Treino de Espada e Escudo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Daniel Knowles em Seg Fev 06, 2012 3:11 pm

- UOU! DELÍCIA! VEM CÁ!! - Eu gritava enquanto assistia um filme em 3D sobre panquecas e outras massas no meu iPod touch laranja.
- DANIEL! - Acordei do nada de um transe panquecal - Você precisa dormir pro treino de amanhã! - Lolla me encarou
Consultei meu relógio de pulso com um sol desenhado artesanalmente atrás dos números e dos ponteiros. 23:57
- Mas... Mas eu não marquei nenhum treino para amanhã!
- Eu sei. Mas é que eu vou ser a tutora do treino de amanhã e não quero você quase morrendo em pelo menos UM treino.
Assenti e fui para meu Chalé dormir mesmo não querendo. Não queria ir àquele treino com toda a certeza. Mas como Lolla era minha melhor amiga e ja me salvara do mundo inferior devo minha vida (Literalmente).

Na manhã seguinte acordei quarenta minutos antes do despertar normal do acampamento. Porque como geralmente sou o ultimo a acordar no chalé é uma batalha para tomar banho e ir ao treino no horário combinado... Tomei um banho e encontrei Quíron na orla da arena.
- Ah! Olá! Bom dia Daniel - Depois de responde-lo, uma longa pausa de silencio - É você o Daniel que gosta de panquecas? - Eu assenti - Isso explica tudo - Ele riu e foi embora. Ok. Muito estranho.

Logo na hora no treino parti para a arena e percebi que estava fechada e Lolla estava na frente barrando a entranda. Ela não disse nada até que todos que participariam do treino estivessem ali.
- Bom dia gente! Quando entrarem ali verão uma coisa que não é normal... E Dani. Tente se controlar... Só faça alguma coisa com o meu comando - E naquele momento percebi que oficialmente ia ser um dia estranho.
Lolla se desviou da entrada e disse alguma coisa que eu não ouvi... Pois estava preocupado demais com uma panqueca GIGANTE que estava no meio da arena.
- DANI! NÃO. COMA! - Eu devia ter dito alguma coisa muito inteligente como "tem mel?"
Eu disparei na direção da panquecona com a boca aberta pronta para dar uma mordida com 3 metros de raio (Acho que um pouco grande para a minha boca). Saquei minha espada de cristal que fiz nas forjas pronto para cortar um pedaço enorme dela para comer durante o resto do dia. Mas a poucos metros dela, ela saltou, ficou de pé e sacou uma espada também.
Uma panqueca que anda e luta com espadas. Ótimo! Meu dia acabou de ficar melhor!
- AI SENHOR! - Gritei desferindo um golpe sem jeito no ar.
"GRRRRMM!" A panqueca urrou quando avançou em mim e cortou meu braço esquerdo. Um corte fundo.
- PANQUECA MÁ! - Berrei com toda a minha raiva possível - SOFRA A IRA DE DANIEL, O DOMADOR DE PANQUECAS!
- SE ACALME DANI! - Lolla gritou do outro lado da arena - NÃO É UMA PANQUECA DE...
- MORRA! - Eu a cortei com meu berro. Que antecedeu meu golpe "fatality" na panqueca possuída. Eu a cortei profundamente no meio - AGORA VÊ SE MORRE MESMO!
Fui desferindo e ferindo golpes em todas as direções de todos os modos possíveis. E no final a panqueca estava caida no chão com o molho de tomate escorrendo... Eu parei por um momento... Aquilo era sangue.
- Essa panqueca.... ta viva? - Eu perguntei
- Eu tentei dizer! - Lolla disse - É O MATT!
Por um momento tudo fez sentido. Mas então eu e Lolla levamos um sermão do senho D. E Matt ficou algumas horas na enfermaria... (Só não tinha morrido por causa de sua armadura[que estava vestindo debaixo da panqueca]) E no final eu quase matei. E não morri.

---//---
Primeiro: #EURIMUITO do treino. *paro de rir e assumo posição séria* Pois não, Daniel, seu treino estava excelente e com um senso de humor incrível (assim como todos os outros) e foi muito bem escrito. Parabéns, querido =]

Nota: 10, assim como todos os outros que você já fez e fará, a não ser que Ares te mate de novo e Lolla não te salve de novo. =). OUVIU, CABEÇA DE JAVALI? *indireta master*
Situação: *00000000*
EXP: 32 linhas. 5 EXP a cada duas linhas. 32X5=160 EXP

-Athena.
avatar
Daniel Knowles

Mensagens : 286
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 19
Localização : Nashville

Ficha Demigod
HP:
98/100  (98/100)
Level: 13
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Lolla Aryan em Seg Fev 06, 2012 6:37 pm

Era uma noite comum. Eu estava escutando Glee no meu Ipod enquanto meu irmão cantava no chuveiro. Até que ele para e poe a cabeça pra fora da porta:
-Dá pra parar de cantar? Tem gente aqui tentando tomar banho. - Ele apontou para seu cabelo loiro, quase da cor do meu, que estava cheio de sabão.
-Claro, maninho. - Sorri e ele voltou ao seu banho, cantando algum Rock que eu não identifiquei. Deitei em um dos muitos beliches (vazios) e comecei a planejar meu dia de amanhã, ao som de 'Don´t Stop Believing'. Meu treino de Espada e Escudo era só a tarde, eu tinha a manhã livre. Talvez eu conversasse com Ashley ou com Dani (somente após às 11, duvido que ele acorde antes) sobre alguma bobagem, ou ficasse humilhando as pessoas no Ping Pong. Tanto faz. Olhei em meu Ipod - eram 00:28. Eu poderia planejar melhor amanhã... Antes que percebesse, capotei.

...


-MANA, MANAAAAlAAA! - Um borrão loiro me balançava.
-QUE FOI? ALGUÉM MORREU? - Berrei, irritada.
-Quíron te quer na sala dele. Agora.
-Sério que você já está acordado à todo esse tempo? - Meu irmão também não era nada de acordar cedo.
-Não. - Ele deu de ombros. - Acordei de tanto Quíron bater na porta. Levanta logo, antes que ele volte.

Eu não tinha entendido bem o problema de Quíron voltar, mas pulei da cama e coloquei uma roupa. Escolhi uma das minhas 3 blusas com a bandeira da Inglaterra e uma calça jeans e fui para a sala de Quíron. E lá encontrei...
-LOLLAAAA \Õ/ - Daniel Knowles sorriu.
-Lolla, querida! - Quíron sorriu.
-Olá, Quíron! Olá, Dani =] - Tentei sorrir, disfarçando meu sono.
-Preciso de um favor. Matt Cavicc iria dar a aula de hoje de espada e escudo, mas por causa daquele problema com panquecas, isso não vai ser possível. - Ele encarou Dani. - Eu iria colocar Daniel para encobrí-lo, mas ele achou melhor que você desse a aula com ele.
-Ahnnn... Claro. Mas não tenho nada planejado...
-Ah, me disseram que você é quase como o Chalé 6 em montar estratégias. - Ele sorriu.
-Se te disseram, deve ser verdade... Heheh'. - Fiquei feliz.
-A aula é às 14:00, como deve saber. - Ele me encarou.
-Claro, claro. Eu já planejava estar nela. - Sorri.
-Novidade.... - Daniel bufou.
-Então... Usem esse tempo restante para planejar a aula. - Quíron aconselhou. - Podem ir agora. - E saímos da sala.
-Lolla, espera dois segundos, eu vou pegar meu Ipod. - Ddani estava prestes a sair correndo.
-Nãnãnã, temos que planejar aquela aula. - Eu o segurei.
-Mas sou filho de Apollo! Musica me concentra!
-E eu sou filha de Zeus, e nem por isso saio por aí enfiando o dedo em tomadas. - Censurei.
-É diferente. - Ele me encarou.
-Ah, vai logo, Daniel. - E ele saiu correndo.

Esperei alguns minutos, e nada de Daniel. 5 minutos, 10... Cansei. Fui até o chalé 1, procurar algo pra fazer. Peguei meu violão e fui pra sacada do Chalé. Não havia nenhum Nicolas para me impedir. Quando me vi, já estava tocando Mine, da Taylor, e cantando animadamente junto. Até que ouço uma batida na sacada (que é meio alta) e um xingamento.
-DANIEL KNOWLES. SAIA. JÁ. DAÍ.- Ameacei. Para minha surpresa ele saiu. E com seu Ipod na mão, dando a crer que estava filmando. - O que faz com isso?!
-E essa, gente, é a Taylor Swift de São Francisco! - Ele disse, virado para a camera, e desligou. - O que ACHA que faço com isso?
-Daniel Knowles, se você filmou isso..
-Acalma! Você vai ficar famosa! Vai pro Youtube!
-Aham, claro que vou. Dê-me isso. - Ele me deu a camera e eu pus no video. Ele tinha filmado T-U-D-O.
-É isso aí, Mini Tay, você arrasou. - Ele sorriu. Mini Tay é como ele me chama, pois acha que pareço muito com a Taylor Swift (eu não reclamo, a Tay é linda.).
-Ah, sei que sim. - Disse, sarcástica. - Vamos planejar?
-Eu planejei tudo. Só esteja lá. - Ele sorriu mais.
-Dani, não gosto disso. - Censurei.
-Confie, ok?
-Ok. - Concordei, de má vontade.

...

Cheguei ao treino 15 minutos antes de começar, para me certificar que estava tudo certo. E tive uma grande surpresa: Daniel não estava lá. Xinguei-o em grego antigo. Preparei uma aula, correndo. Os campistas chegaram alguns minutos depois. Olhei-os. Por que o Chalé 7 não estava lá? Dividi os campistas em suas casas comunais (claro que haviam muitos que queriam ir pra Grifinoria, mas nao foram. Esse povo..) e fiz algumas 'gincanas' envolvendo a espada. A Corvinal (que possuia a maioria do Chalé 6 e um pouco dos outros) ganhou em disparada. Acho que eles se divertiram. Hehe'. Faltavam alguns minutos para acabar o tempo da aula quando Daniel chegou.
-Lolla, venha aqui por um momento - Ele deu seu habitual sorriso travesso.
-Mas os campistas... - Apontei-os.
-CAMPISTAS, LIBERADOS. - Eles o encararam. Mas foram embora. Daniel me levou de olhos fechados até o Salã de Jogos.
-Pode abrir os olhos. - Fiz o que ele mandou.
-SURPRESA! - Todo o Chalé 7 apareceu diante de mim.
-Sei que não acreditou quando elogiei sua música, então aqui estão os melhores musicos do acampamento. Ashley, pode mandar. - Ashley apertou um botão e o video que Daniel fez de mim apareceu no retroprojetor.
-Daniel... - Adverti.
-Shhhhh! - Ele me calou. O video começou a passar. Senti meu rosto ficar vermelho. Até que o video parou.
-O que houve...? - Perguntei.
-Pra que ver um video, se a temos ao vivo? - Daniel sorriu.
-Nem pensar. - Censurei.
-Dani, vá com ela. - Ashley sorriu.
-Isso. Vá comigo.
-Que seja.. - Ele pegou seu violão e subiu no palco comigo. Sentou em um banquinho e começu a tocar 'Two Is Better Than One'.
-I remember what you whore in our first date.. - Ele começou a cantar e eu o acompanhei. Ele era muito bom. Ao fim, fomos aplaudidos.
-UHUUUUU! - Ashley gritou. - Esse vai pro Youtube.
-NÃO VAI, NÃO! - Eu e Dani dissemos juntos.
-Eu odeio você, Dani.
-Eu sei. - Ele sorriu. - Agora vou te deixar ir. - E o pior é que eu fiz exatamente isso. Fui com meu Ipod touch até Long Island ( onde pega Wi Fi) e pus no Youtube. E lá tinha o que eu temia: 'Taylor Swift de São Francisco', mas não era só isso. O resto do título me surpreendeu: '... e Daniel Knowles apresentando Two Is Better Than One.'. OMG. Era o video de mim e Dani cantando. Fui para meu chalé. Daniel ia se ver comigo. Mas não hoje.


---//---

Lolla, taah incrível, assim como os outros Smile

Nota: 10,0
Situaçao: õ/
EXP: 85 linhas. 5 pontos por linha-425 EXP

-Coisado por Apollo
avatar
Lolla Aryan

Mensagens : 197
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 18
Localização : São Francisco - EUA

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 17
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paixões - Parte 1

Mensagem por Lolla Aryan em Sex Fev 10, 2012 5:27 pm

Estava na varanda do Chalé 1, pensando na vida, quando uma garota de Afrodite veio me fazer uma pergunta estúpida:
-Você é a namorada do Daniel Knowles?
-É claro que não. - Respondi rapidamente. - Ele é meu melhor amigo. Eu saberia caso ele tivesse uma namorada.
-E ele não tem?? - Ela se animou.
-Ahnn.. Não.
-Ótimo. - Ela sorriu. Era o que eu queria ouvir. Entrega meu número pra ele? - Ela me deu um número de papel com o telefone dela.
-Mas não podemos usar celulares. São rastreadores de monstros.
-Ah é... Estão esquece. - Seu sorriso apagou. TINHA que ser do Chalé 10 --'. - Então só fala de mim pra ele, ok? A propósito, meu nome é Harmony.
-Prazer, Lolla. - Estendi a mão para que ela a apertasse, mas ela não o fez.
-Eu sei quem você é - Ela bufou. - Como você pode ser melhor amiga do Dani e nunca terem virado algo mais? Ele é SUUPER gato!
-Se você diz... - Dei de ombros.
-Mas você gosta dele, né?
-Já disse que não, droga! - Já estava de saco cheio daquela Filha de Afrodite dos infernos -'-.
-Se você diz... - Ela me imitou.
-Qual é o seu problema comigo?
-Não gosto de você.
-Acho que você espera que eu diga ‘eu também’. Mas tenho coisas melhores pra fazer do que ‘te odiar’.
-Tipo fazer outro dueto com o Dani? - Ela me encarou.
-Tipo te dar um choque. - Ameacei encostar nela e ela foi pra trás. - Não parece tão confiante agora, não é mesmo?
-Que a melhor fique com o Dani. - Ela mostrou a língua e saiu andando.
-Mas eu não... - Tentei dizer. - Ah, deixa pra lá. - Olhei-a pela última vez. Era bonita. Claro, se você gostar de garotas fabricadas. Ela havia feito escova em seu cabelo castanho, e a pele branca tinha 20 quilos de maquiagem. Nesse momento, Daniel apareceu atrás de mim.
-Ooooi - Ele sorriu. - Fez uma amiga? - Ele apontou para Harmony.
-Ahnnn... Não exatamente Mad
-Um garoto do 12, acho, não para de falar dela. Não aguento mais.
-E o que acha dela? - Eu o encarei. Ele me olhou como se fosse louca.
-Eu nunca falei com ela.
-Ah, claro...
-Alguns caras do treino de arco e flecha disseram que talvez ela seja a 2a mais bonita do acampamento.
-E quem é a primeira? - Eu disse. Ele me olhou (de novo) como se eu fosse tonta.
-Você, sua tonta.
-Ah. - Corei. - Isso chegou ao conhecimento da Harmony? - Perguntei.
-Provavelmente.
-Isso explica tudo... - Bufei.
-Tudo o que?
-Nada... Não é importante. Eu... tenho que ir. - Saí correndo em direção ao 10. Bati na porta e um garoto moreno, de olhos verdes, atendeu.
-Preciso falar com a morena-fabricada-apaixonada-pelo-meu-melhor-amigo.
-Ahnnn... Qual delas ? - Ele mordeu o lábio. Lembrei a mim mesma onde estava.
-Ah, claro. A Harmony.
-Ah tá. HARMONY, A LOIRA GATA TÁ AQUI! - Sim, ele disse ‘loira gata’. Achei melhor não questionar.
-Que é? - Ela apareceu.
-Vamos ali atrás. Acho que não quer que eles ouçam isso. - Ela me acompanhou até a parte de trás do chalé. - Sei porque não gosta de mim.
-É mesmo, Srta. Óbvia?
-Olha, o que os caras do arco e flecha dizem não tem nada a ver...
-E quem disse que são só eles? Até meus IRMÃOS concordam --’.
-E qual o problema de tudo isso?
-Eu sou filha de AFRODITE. PRECISO ser amada. - E é pura lógica da maior diva que já existiu: Sharpay Evans. O garoto mais gato e a mais gata TEM de namorar. Faz sentido.
-Exceto nesse caso. Admito que a ideia de você e o Dani juntos não me alegra, mas...
-’Eu amo ele e quero que seja feliz’.
-Cara, você tá me irritando muito.
-Então quer dizer que funcionou =]
-Olha, vou dizer de outro jeito, para melhor compreensão: FICA. LONGE. DO. DANIEL. SUA. VACA. - E saí andando, irritada. Quando um borrão loiro aparece atrás de mim.
-Eu ri muito. - Ele sorriu.
-Quanto ouviu?
-Só a parte do ‘Fica longe do Daniel, sua vaca.’. Essa história promete. Conta T-U-D-O.
-Só uma vaca apaixonada por você. - Eu dei de ombros.
-Por... mim? - Ele não parecia acreditar. E eu esperava que isso fosse ruim.
-Claro, seu tonto. É uma filha de AFRODITE! O que esperava?
-Era só por isso toda aquela gritaria?
-Claro que não. É só que não confio nela. É uma vaca, como já disse. E é fútil. E arrogante. E prepotente.
-Não acho que seja só isso.
-E ela... acha que você é meu namorado Mad
-Da onde raios ela tirou isso? - Ele me encarou.
-Segundo ela, você é ‘gato demais’ pra eu ter ‘deixado escapar’. - Eu bufei e ele corou.
-E aí você mandou ela tomar no meio do umbigo dela?
-Não, eu até que estava educada =)
-Quer saber? Deixa ela pra lá. Se você não confia nela, eu também não. Mas vamos logo, temos que ir pro treino de Espada e Escudo. - Ele me puxou em direção à arena. Chegando lá, o instrutor tirou duplas no papelzinho. O Dani, claro, ficou com a Harmony. Eu tirei um garoto do 5, cujo nome eu não sabia (e nem me importava).
-Apresentem-se para sua dupla, conheçam-a melhor. - O instrutor disse, o que fez com que eu quisesse esganá-lo. Dani estava escutando Give Your Heart a Break (e cantando junto, mas abafa) quando Harmony foi cumprimentá-lo.
-Você é muito talentoso, sabia? Devia assumir a posição de vocalista do ‘Los Panquecas’. - Ela sorriu. - À propósito, sou Harmony Montgomery. - Dani nem tirou os fones de ouvido.
-Lolla é incrível. Ela merece. - Ele disse, secamente. - Daniel Knowles.
-Eu sei quem você é. - Ela continuava sorrindo. - Claro, eu adoro a Lolla. Somos tipo, muito amigas.
-Ah, sei...
-Lolla é meio ciumenta, não acha?
-Ela protege quem ela ama de se magoarem profundamente. E ela tem um bom senso sobre quem é uma boa pessoa e quem não vale a pena. - Ele a encarou e sorriu falsamente. - Lembre disso. - Se me der licença, vou sentar ali no banco e ouvir Coldplay, porque Give Your Heart a Break já acabou. É melhor do que te ouvir mentir. Confio na Lolla mais que tudo, e ela não confia em você. Então, adiós Harmony. - Dani se levantou e sentou no banco. Fui até ele.
-Tá tudo bem?
-Aquela... aquela FILHA DE AFRODITE! - Ele bufou. - Você tinha razão.
-Eu sempre tenho razão.
-É verdade... - Ele deu de ombros. - E o cara de Ares? - Ele apontou para o meu adversário.
-Ah, ele se vira... - Nesse momento, Ashley apareceu, com cara de ‘EU NÃO ACREDITO, QUE DEMAIS *-*’
-Vocês tão namorando e NÃO ME CONTARAM? - Ela disse.
-Onde ouviu isso? - Apesar de eu já saber a resposta.
-O chalé 10 tá espalhando isso pelo acampamento todo.
-Acho que a história do ‘vou ficar ouvindo meu Ipod, porque eu ganho mais com isso do que te ouvindo mentir.’ foi demais pra ela. e.e - Encarei o Dani.
-E agora? Desmentimos os boatos?
-Deixe-os falando. Caso perguntem, dizemos que é mentira. - Sorri. -Mas estou irritada. Aquela viada ainda VAI se ver comigo.


~ ATUALIZADO POR APOLLO ~

Tirem os olhos bitxhes u-u. Eu que atteio os treinos da Lolla hsushuhs.

nota : 10

EXP : 96 x 5 = 480 de EXP

E antes que chegem me xingando pq o limite de linhas é 85. eu tinha prometido um treino pra Lolla de até 100 linhas u-u e ela o fez. então shut-up
avatar
Lolla Aryan

Mensagens : 197
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 18
Localização : São Francisco - EUA

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 17
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Ashley Thompson em Sex Fev 10, 2012 7:53 pm

O dia começou com meu iPod ligando do nada e tocando Stronger da Kelly Clarkson,mas estava com muito sono para me preocupar com o iPod demoniado,então coloquei um jeans rasgado e uma blusa preta dos Simpsons (que eu A-D-O-R-O) e não fiz nada de muito interessante.Até que a tarde foi surgindo,e eu fui treinar Espada e Escudo.
Mas quando cheguei na arena,o treinador me disse:
-Thompson,ninguém te avisou que a arena foi reservada para algum alunos?Hoje você não poderá treinar.
-Ah,mas...eh que..Na verdade,ninguém me avisou!Quem reservou a arena?!-eu disse,dando um pequeno chilique
-Só posso dizer que: VOCÊ. NÃO. PODE. TREINAR. HOJE
-Tá-eu disse de mau-humor
Então eu voltei para meu chalé.E dancei que nem uma maluca ouvindo música no iPod.Então já era meio tarde,e fui dormir.

...

-ASHLEY!Que droga!ACORDA,PÔ!
-zzz...Só mais cinco minutos,mãe-eu disse meio sonolenta
-Ashley!
-Hum?Ah,oi Lolla!
-Coloca uma roupa L-I-N-D-A!Vamos à um baile que está tendo lá na arena
E eu fiz o que ela pediu/mandou.Coloquei um vestido preto com rendinha e quase esqueci de pentear o cabelo,mas eu o penteei e então,saímos do chalé 7 e andamos em direção à arena.
-Mas nós fomos convidadas para essa festa?
-Claro que sim!Nunca ficamos fora de uma festa bombástica!
Eu achei estranho a Lolla estar falando desse jeito,mas fiquei com medo de questionar e levar um raio na minha bunda.
Chegando na arena,vimos vários campistas de vários chalés diferentes.A arena estava enfeitada (como se estivéssemos numa festa de carnaval) e com uma enorme mesa com comidas e bebidas.
Estávamos lá há um bom tempo,e de repente,um Minotauro nos atacou.Quase na mesma hora,TODOS meio que desmaiaram.Menos eu.
-Droga!Estou sozinha...E sem a espada
Aí o Minotauro me viu e foi correndo em minha direção.Eu não quero parecer muito repetitiva,mas taquei RedBull nos olhos do Minotauro.
E então a luta começou.Ele quase nem notou o RedBull nos olhos e bufou na minha cara,um pouco antes de ele tentar me atacar com uma espada."Espere aí!" pensei "o Minotauro tem uma espada e eu não.Putz".Eu investi contra ele com umas latinhas de refigerante e enfiei uma no nariz dele.Enquanto ele tentava tirar a lata do nariz,eu catei a espada dele e enfiei em sua garganta.
POF
Ele se desintegrou em pó.
-Parabéns,Ashley.-disse alguem atrás de mim
-Treinador?
-Gostou do treino?Bom,já vi que os primeiros não te contaram nada.(Ufa!)
-Na verdade,acho que... EU PODIA TER MORRIDO!Mas tudo bem.Agora,se me dá licença,vou tomar um bom banho e dormir-e depois disso,eu saí andando em direção ao meu chalé,tomei um bom banho quando cheguei e fui dormir exausta
avatar
Ashley Thompson

Mensagens : 77
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 8
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Avril Lovefin em Sab Fev 11, 2012 9:32 am

O dia estava bem frio, oque não era comum
Vou até o campo de treinamento, com minha espada e meu escudo
Vejo outros Semi-Deuses treinando, e logo resolvo treinar tambem
Vou até um lugar livre, onde tinha alguns pássaros e árvores no caminho
Estendo minha espada e começo a atacar uma das arvores
Dou uma série de ataques rapidos na arvore que estava prestes para cair, pois estava bem degrada,
Depois de algum tempo a arvore cai
e um dos Semi deuses vem até mim
-Wow!
-Não foi nada....
Pergunto a ele se ele gostariam de treinar um pouco, e ele diz que Sim
Começo a lutar contra ele
Ele me ataca pelos lados, com uma certa rapidez
Coloco o escudo nos lados, e o ataco pela frente, fazendo ele dar alguns passos para tras
Continuo fazendo isso até que ele encosta em uma árvore
-Droga...
Ataco a cabeça dele, ele abaixa, e devolve com um ataque na barriga.
Solto a espada e dou um pulo para tras, para me esquivar
Ele vem bem rapido para cima de mim, e como estava apenas com o escudo, não poderia ataca-lo
-...
Lanço meu escudo contra ele, e logo ele cai no chão pela pancada
Corro até minha espada, e me jogo a ela, para pega-la
No mesmo momento, meu oponente ja estava chegando perto e ele vinha com sua espada para perto de mim
Dou um giro para o lado e ele erra o golpe
No mesmo momento ele acabava tropeçando e caia
Eu colocava a espada no pescoço dele enquanto ele caia, e o virava para frente
-Acabou
Sorria e o ajudava a levantar, logo depois de um treinamento cansativo volto para o acampamento
E acabo dormindo por um certo tempo
avatar
Avril Lovefin

Mensagens : 6
Data de inscrição : 10/02/2012
Localização : Unknown

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 1
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Daniel Knowles em Dom Fev 12, 2012 11:02 pm

Uou. Eu parei para refletir. Minha vida tomara um rumo totalmente diferente nos últimos dias. Tudo por causa daquele baile (Valeu Nicolas).
Eu Olhei na minha cabeceira procurando pelo radio-relógio de Ashley. 08:00. E ao lado dele um porta retrato com uma foto de Lolla. E outro com uma foto do Taylor Lautner... (Infelizmente tinha que dividir o criado mudo com Ashley).
Quando desci da Beliche Ash acordou :
- Não é muito cedo pra você acordar não? - Ela disse meio sonolenta
- Você vai ser a madrinha sim - Eu disse enquanto vestia minha camiseta do acampamento.
- ÊÊêee... ROONC - Ela voltara a dormir

Calcei meus tênis e parti para o chalé um. Bati na porta e Nicolas abriu com os cabelos bagunçados e com a escova de dente na mão.
- É ELE LOLLAAAAAAA - Ele berrou - De novo...
- Oi Dani - Lolla apareceu correndo na porta ja arrumada. Com os cabelos loiros presos, ela usava uma camiseta do acampamento que nunca vira antes
Eu dei um beijo de bom dia nela e perguntei "Que blusa é essa?"
- Ah, eu que fiz! - Ela esticou, para me deixar ver melhor. Uma camiseta azul claro, da cor do céu. Com o símbolo do acampamento (Um centauro levantando o arco) desenhado a mão na cor preta e na frente escrito 'DEMIGODS CAMP' em branco.
- É linda - Eu disse quando peguei sua sua mão e fomos para a arena
Percebi que ela me olhava enquanto andavamos. Quando me virei para olha-la ela desviou.
- Hmm... O que foi? - Pergunteo - Tem alguma cachorra azeda na minha cabeça?
- Não, não... Não é nada... - Ela fingiu
- Diz! - Eu insisti
- São... São seus olhos! - Eu passei o dedo de leve nas palpebras
- Que foi? Estão vermelhos?
- Não... São lindos - Ela disse e eu corei - O que vamos treinar hoje, mesmo?
- Espada e escudo... Ouvi dizer que Harmony vai supervisionar o treino
- Aquela vaca fedida... Quero que nos trate como iguais aos outros - Lolla poderia ter soltado um palavrão pra descrever Harmony. Mas segurou.
- Pode falar! - Eu disse e por final Lolla solto um palavrão bem peludo, que se depilou e deixou o cabelo crescer mais.
Chegando la Harmony estava mesmo esperando a gente para começar o treino.
- Olá gente! E Lolla...
Lolla ameaçou avançar mas eu a segurei.
- Não tente fazer nada, sua loira idiota. O Evarilscton ta aqui.
E só então fui reparar no cara enorme que estava atrás dela como um guarda-costas.
- Vamos começar. Façam duplas! Dani você vem comigo - Ela me puxou
- E eu? - Lolla bufou
- Tem um boneco de palha logo ali queridinha u-u... Agora LUTEM!
'Que coisa mais criativa' pensei. Fiquei olhando Lolla dirigir-se para o boneco de palha convicta de que ele era Harmony. Pois dava cada golpe com tamanha violencia. "MORRA SUA VACA FEDIDA" uma hora ela chegou a gritar arrancando a cabeça do boneco. E com minha distração Harm acabara por fazer um corte em meu braço.
- AI! - Exclamei
- Isso foi por ter começado a namorar aquela loira hoxigenada idiota.
- AGORA CHEGA! SUA VADIAZINHA DO CHALÉ 10 - Lolla foi para cima dela
Evaril seilaoque ameaçou partir para cima de Lolla mas antes que isso pudesse acontecer desferi um golpe em sua perna com a espada. Foi uma briga feia. Todos pararam para olhar... Eu contra o brutamontes na espada e Lolla e Harm se batendo e puxando o cabelo uma da outra.
Por fim Lolla arrancou um tufo de cabelo da cabeça de Harmony
- É UMA PERUCA! - Ela gritou e se rolou no chão de tanto rir. Evarilcston levou Harm para a enfermaria do acampamento e Lolla disse pra mim.
- Falei que ela era uma morena fabricada...

--//--
Tinha que ser filha de Afrodite. Só falo isso u-u
EXP: 5 pontos por linha. 46 linhas=230 EXP
Congratulations, querido ^^

~Athena
avatar
Daniel Knowles

Mensagens : 286
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 19
Localização : Nashville

Ficha Demigod
HP:
98/100  (98/100)
Level: 13
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Nicolas Aryan em Seg Fev 13, 2012 11:36 am

Semana Maluca , Acho que Não So Pra Mim , Mais Principalmente pra Minha Irmã , o Sonho dela tinha sido Realizado ( Apesar de Discordar no Passado , todos nos Sabíamos que ela Tinha uma QUEDONA pelo Dani, mais tudo Bem)
Pela Milonezima Vez Eu Acordava as 7:25 da Manhã para Ajudar minha Mana a Escolher sua Roupa pra Se Encontrar com o Dani e depois la vinha Ele as 8:00 Sempre em Ponto (ou minha Irmã estressava)
Tudo Bem estava Feliz E Animado Por ela,mais me acordar pra escolher Roupa não da né !
Tudo Bem , La estava eu Acordei as 7:25 Ajudei Minha Mana com a Roupa depois Coloquei uma Calça Jeans , Minha Camiseta do Camp e Minha Jaqueta de Couro favorita por cima , Peguei meu Arsenal e Fui treinar , e La estava Dani E Lolla do Outro lado da Sala , Então o Treinador Falou :
-Bom Vamos Tirar Lutas Hoje e A Primeira Sera :
-Daniel Knowles Versus ...
-Nicolas Aryan
Eu Fiquei : WTF, VOU LUTAR CONTRA O DANI ? ELE E MEU AMIGO E MAIS EXPERIENTE , MAIS VAI SER BOM (PENSEI EM ELE TRAINDO A LOLLA COM ALGUMA DE AFRODITE)
Bom chegamos ate A Arena, Peguei Meu Mini Raio e Meu Escudo de Ouro Imperial e Me Preparei , Dani pegou suas Armas e Começamos a Lutar
Ele era Otimo , me dava varias Envestidas , cortes e tudo mais , estava sendo Dificil
Então Começavos a Conversar na Batalha :
-E ai Como Anda voce e Lolla, Falava enquanto atava ele com a Espada
Ele defendeu e Falou:
-Esta Sendo Otimo ela e Linda *-* Ele falou e deu uma Envestida com O Escudo , fui para o Lado e ele Passou reto Falei :
-Ela não te Enche Não ?
-O tempo com ela Não e Encheção de Saco *_*
Eu fui e Ataquei ele , E foi pro lado passo o Pe e Eu Caio no Chão que Nem Pamonha Ele Disse :
-Desiste
Eu Não Sabia o que Fazer Então Apontei Pro Emocional :
-Hey Dani voce Viu como a Lolla esta bonita Hoje
-Ela não esta Linda *-*
Enquanto ele falava isso , Pasei uma Rasteira Nele, Acionei meu Mini Raio E Coloquei o Pe no Peito dele e Disse :
-Se Se Mexer Ja Era !
Eu Sai Vitorioso , com varios Cortes e ele so Com um Roxinho na Perna,
Saimos Rindo ate que ele Saio com Lolla eu eu Fui ate meu Chale Tomar um Banho !

~ ATUALIZADO POR APOLLO ~
Nota: Eu daria 9,0. u-u mas a rasteira troll no final deu uma incrementada... 10 Õ/

Comentários: O Dani nunca pararia no meio de uma luta pra ficar falando de emoçoes hehehe. Mas dessa vez passa u-u

EXP : 31 Linhas = 31x5 : 155 EXP
avatar
Nicolas Aryan

Mensagens : 184
Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 19
Localização : Acampamento meio-sangue/Chale 1

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 5
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Daniel Knowles em Ter Fev 21, 2012 8:49 pm

- Não! Não me mate! AAAAAH! - O sangue da mulher jorrou por todo o piso de madeira e o assassino mascarado foi atrás de sua próxima vítima em Long Island. Com seu facão tamanho mega monster sujo de sangue.
- Já chega! - Quíron entrou no anfi-teatro e desligou o filme pra tristeza dos campistas - Ja está tarde. Vamos dormir todos. Semana que vem tem mais sessão de filmes gente!
Algum campistas suspiraram de frustração. Mas eu seguia agarrado com Lolla em direção aos chalés. Se você acha que eu estava a abraçando porque ela estava com medo. É melhor pensar de novo.
- Da pra me soltar agora Dani? - Ela riu
- Éérr... Acho que sim - Eu a soltei envergonhado - Como Quíron deixou passar esse filme de terror gravado em Long Island?
- Não sei. Mas foi muito mais legal que aquele filme de romance sobre uma raposa e um pedaço de queijo que passaram semana passada.
Nós rimos e fomos dormir.

Quando acordei o chalé estava vazio. Será que tinha acordado tão tarde assim?...
- OQUE ? - Pulei da cama. o Relógio de Ashley marcava 17h. Desci correndo da beliche. Passei meu desodorante. Coloquei meu short. Coloquei a camiseta do acampamento correndo e saí do chalé. Tudo estava vazio. Não havia ninguém. NINGUÉM. Se pudesse passaria uma bolota de feno rodando ali como nos antigos filmes de deserto.
- DANI! - Harmony vinha correndo desesperada em minha direção - Ainda bem!
- Ainda bem oque? Não vai tentar me beijar de novo né sua... Seu mamífero quadrupede malhado que da leite
- Agora não é hora pra me xingar de quati
- Eu tava descrevendo uma vac...
- QUE SEJA! Não tem NINGUEM aqui no acampamento!
- Eu vi. Vai ver foram festejar o carnaval e ninguém ta sabendo
- Acho que seja uma coisa bem pior do que isso... Hoje de manhã eu achei uma mancha de sangue em uma das camas!
- Você não sabe que quando uma garota entra na adolescencia ela...
- NA CAMA DE UM MENINO!
- Ah... - Agora estava em estado de choque. Pois começara a lembrar do filme de ontem a noite - Será que o Mascarado psicótico veio pegar a gente ? - Agora até Harmony parecia ser uma vaca menos 'mu'. A situação estava lamentável.
- Eu ja procurei em todo o acampamento! Não tem ninguém!
- Defina "todo o acampamento" - Levantei uma sombrancelha
- Bem. A Área dos chalés e o pavilhão.
- Vamos ver na praia - Eu sai andando até lá e Harm me seguiu.

Chegando lá como esperado não havia nada. Disse pra ela olhar perto do mar e fui olhar perto das palmeiras que se abriam para o bosque.
- AQUI NÃO TEM NADAAAA - Ela gritava enquanto eu atravessava algumas palmeiras
- Nem aqui - Eu comentei pra mim mesmo e Harmony ja havia chegado perto.
Nós rondamos mais um pouco pela praia e não vimos nada. Se passaram 20 minutos e nada.
- Vamos dar uma olhada no bosque agora ? - Perguntei
- Ainh... - Ela sentou na areia - To muito cansada... Voce nao pode esperar um pouco?
- Ah. Claro. Posso - Mesmo não gostando de Harmony, eu não conseguia ser grosso com uma menina.
Ficamos uns 5 minutos em silencio. Até que o que eu temia aconteceu.
- Estamos os dois aqui sozinhos no acampamento - Ela disse - Me beija.
- Não! Se você ainda não se tocou, eu namoro com a LOLLA.
- Aquela Loirazeda? Ela parece mais um arbusto que uma garota!
"Arbusto"? Essa eu não tinha entendido. Eu dei uma bundada de distancia de Harmony pra não correr o risco dela pular em cima de mim (de novo). Ela tentou se aproximar de mim mas eu levantei.
- Harmony. É sério. Para com isso - Eu estendi as mãos tentando para-la
- Mas não tem ninguem vendo!... - Ela correu o dedo indicador pela minha boca.
- Eu ja disse que eu namoro com a Lol... - Eu disse afastando ela quando...
- AAAAAAAHHHHH - Ela gritou e apontou para algum lugar atrás de mim. Eu me virei o mais rapidamente que consegui e vi aquilo que tinha mais medo do que Panquecas comedoras de gente.
- O MASCARADO PSICÓTICO - Gritei e saquei minha espada de ferro estígio - Saia daqui - Eu disse pra Harmony
- E DEIXAR VOCE MORRER!? - Não sabia que ela era capaz de sentir alguma coisa assim - DEPOIS ELE VAI VIM ATRAS DE MIM! - Isso explicava
Eu fiquei um pouco paralisado olhando aquela figura de dois metros de altura com roupas rasgadas e desgastadas cobrindo todo o corpo. Uma mascara de bronze queimado horrível. E seu facão de seilaoque que cortava até nãoseioque.
Ele vinha avançando cada vez mas rápido saindo do bosque.
- CAI DENTRO SE FOR HOMEM - Disse tentando parecer corajoso.
O Mascarado partiu pra cima de mim com o facão. Nós tivemos uma grande luta. Ele investia mais que Ashley quando treinava comigo.
Não dava uma chance pra mim. Ele investia nas minhas laterais, Em minha cabeça, nas minhas pernas e quase cortou minhas mãos fora umas 4 vezes. Bobeei e acabei com um corte no ombro.
- AAH MEU DEUS! - Harmony gritara de novo. Pensei que era por causa do meu corte, mas não...
Dos bosques vinham todos os campistas, meus amigos ou não, MORTOS. Com roupas rasgadas e com sangue escorrendo pelo corpo. Luke estava lá, Matt, Selene, Nick... QUÍRON! Enquanto estava distraído senti uma dor terrivelmente forte. Como se várias formigas de fogo picassem meu pé ao mesmo tempo. O Mascarado fincara seu facão em meu pé fazendo me cair. Ele estava prestes a cortar minha cabeça com o facão levantado la no céu.
- DEIXE MEU NAMORADO EM PAZ! - Harmony ameaçou com uma pedra nas mãos.
- Seu namorado? Se toca garota - O Mascarado disse - Ele é meu!
- Lolla? - Eu e Harmony perguntamos ao mesmo tempo
Ela tirou a mascara e revelou aquele rosto lindo que eu precisava ver todos os dias. Eu levantei e de repente a raiva que sentia pelo meu pé bifurcado sumiu.
- Mas... - Eu não sabia o que dizer - Como?...
Ela me puxou pra perto e me beijou. Eu me senti esquisito com todos do acampamento ali olhando (Inclusive Quíron). Todos aplaudiram
- Você me ama mesmo - Ela riu
- Isso tudo foi um plano seu pra ver se eu beijava a Harmony?!
- Sim, des das fantasias de mortos deles - Ela apontou pros campistas "mortos" - Até o relógio adiantado da Ash.
- Então que horas são agora? - Ela me mostrou o relógio de pulso mostrando que era 11h30 da manhã
- VAMOS ALMOÇAR! - Quíron anunciou e todos rimos


Atualizado por Ares

Nota:o+100:10

Experiencia:74X5=370
avatar
Daniel Knowles

Mensagens : 286
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 19
Localização : Nashville

Ficha Demigod
HP:
98/100  (98/100)
Level: 13
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Nicolas Aryan em Qua Fev 22, 2012 9:48 am

-Humnn...Lasanha...Selene
TRILLLIIIMM !!!!
Meu despertadou Apitou e eu Acordei, por Sorte minha Irmã tambem
-Caramba Nick Por que Acordar tão cedo , e pra Planejar sua Vingaça, ja disse , vai ter de Ser melhor
Ela disse Balançando sua chave em uma Corrente
-Não mana , tou muito feliz para Fazer algo com voce
Pulei da Beliche e fui Ate o Banheiro onde tomei um Banho Otimo cantando :
Millionare - Bruno Mars
I wanna be a billionaire so freaking bad buy all of the things I never had
uh, I wanna be on the cover of Forbes magazine smiling next to Oprah and the Queen
Terminei a Musica e sai do Banho .
Fui me troquei, coloquei minha Calça jeans Azul , Minha camisa do Camp e Minha Blusa de couro . Peguei meu Arsenal e minha Irmã falou :
-Hey o Panaca o Treino so começa daqui 1h e 30
-E quem disse que eu vou ate a Arena, vou ir ver Selene . De um Oi pro Dani por mim quando ele chegar, e fala para ele que Hoje não irei ameaçar ele de Morte
- O que acoteceu com voce ?
- Nada so Estou feliz
Sai e fui ate o Chale 11 , Cheguei la Bati na Porta , quem Abrio era Zack Hudson , filho de Hermes
-Ah Ola Nicolas
Disse ele começando a arrumar sua franja
-Hey Zack , Selene está
-SELENE E SEU PARA-RAIOS
So vi o Zack sendo Empurrado e ela Aparecendo na Minha frente :
-Vamos ?
-Claro
Fui abraçado com ela ate A Praia em baixo da Arvore que nos nos Conhecemos , Era uma Lembrança boa Ali ...
Dei uns Beijos nela , ate que Apareceu as Filhas de Afrodite falando :
-UIII , OLHA LA ELES !
So Lembro da Selene Ativar seu Caduceu e mandar suas Cobrinhas darem um Susto nelas, Gritaram que dava para quebrar um castiçal de Igreja (LOL)
Então deu a Hora do Treino e nos Fomos ate la
So que quando estavamos indo para Arena , dani e Lolla vieram e nos Falaram :
-Hey casal Apaxionado
-Hey Futuro casados - Retruquei -
-Bom ok , o Treinador falou que Hoje o Treino vai ser em Um grupo de 6 , no Bosque Precisamos de mais 2 , Querem Entrar ?
-Quem esta no Grupo ?
-Bom , eu ,Lolla, Ash e Luke
-Tamos dentro !
Fomos ate o Bosque e o Treinador Falou:
-Hoje teremos um : ULTIMO EM PÉ
Falou ele Distribuindo Almos para cada um da Equipe, minha Equipe ficou com o Almo Azul ( O mesmo do Captura a Bandeira) As outras 3 ficaram com : Vermelho , Verde e Marrom
-Como Funciona isso ?
Perguntou um Campista de Demeter
-Bom e Simples, a Ultima equipe que tiver um Membro de Pe vence, Não e para Matar , esquartejar , e rancar membros .Ouvi Chale de Ares
-AFF - Gritaram uns Campistas de Ares
- Separem
Fomos cada um Para um Canto do Bos que e ele Gritou :
- 3 , 2 , 1 JÁÁÁÁ !
Pronto Nos nos Dividimos em pares , como Lolla Havia Estrategiado :
Lolla e Dani
Ash e Luke
E eu e Selene
Um campista de Hefesto foi Atacar Selene, Ela se Desviou e Passou seu Caduceu no Pe do Campista, um A Menos
Nisso um Campista de Ares foi ataca-la eu gritei depois de Derrubar James do Poseidon com um Pequeno Choque (Ele estava na Agua , foi facil derrubalo):
-HOJE NÃO !!!
Fui ate ela E a Defendi com meu Mini raio sem estar Ativado, ele Forçava sua Espada contra mim , então decedi Ativar o Mini-raio com uma Força leve , Ele levou uma Descarga eletrica e Caio no chão , nisso vi Luke Cobrir Ash enquanto ela Lançava flechas no Chão , em que os Campistas tropeçaram, e vi Lolla e Dani um de costa pro Outro Batalhando e derrubando uns 5 Campistas.
Nisso veio a Equipe Vermelha, formada por 6 Campistas de Ares
Então ficou :
6 contra 6
Um veio contra minha Irmã, pegou sua Varinha e falou : ESTUPEVAÇA Ele voou
Outro veio contra dani , Ele deu uma envestida contra ele para o Lado , ele quaise caio , mais veio denovo , então dani passou uma Rasteira Troll nele e ele Caio
Ash derrubou um com sua flecha , fazendo a flecha bater no Capacete de Dois Campistas os Deixando com dor de cabeça e distraido , enquanto Luke vinha e os Derrubava com uma Envestida
Selene Derrubou um Com suas Cobras as Ativou e falou para elas voarem nas Pernas do Oponente, e elas fizeram , vooaram e fizeram ela tropeçar
Então sobrou eu e O Jean o Lider do Chale , ele era dois Anos mais velho que eu , e brajava uma Espada enorme
Ele veio contra mim , me dando varias Envestidas e cortes Lolla veio para me Ajudar e eu gritei :
-NÃO ELE E MEU
Ele Continuava com isso , so que tinha um Plano Ele foi me prensar na Arvore, eu Vooei e Apareci atras dele , onde eu Coloquei o Mini-Raio ativado em uma Pequena carga na suas Costas ele caio , Nossa equipe venceu e todos Nos gritamos :
-VENCEMOS ESSA BUDEGA O/
Ash e Luke Seguiram Lolla e Dani , que pareciam ir para o Refeitorio ,e eu e Selene vomos sair denovo .
avatar
Nicolas Aryan

Mensagens : 184
Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 19
Localização : Acampamento meio-sangue/Chale 1

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 5
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Athena em Sex Fev 24, 2012 9:00 am

Nick, você está em missão. Não pode treinar.

_________________
Saber usar uma espada não faz de você um homem.




Quer respeito? Estude. Quer ser reconhecido? Estude. Quer ter dinheiro? Estude. Quer falar comigo? Estude. Quer ser um retardado mental?
...




Parabéns, você se tornou um quando desejou. Fácil, né?

-Thenaa (:
avatar
Athena
Admin

Mensagens : 410
Data de inscrição : 17/09/2011
Idade : 18
Localização : Monte Olimpo

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: Maior do que você pode contar ^^
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://demigodscamp.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Puck Darkon em Seg Fev 27, 2012 4:59 pm

Bom , foi uma longa viajem ate o acampamento , tambem eu dizia :
-ESSA BABOSEIRA DE DEUSES , MONSTROS E SEMI DEUSES NÃO EXISTE !
Bom mais depois daquele satiro tirar o seu p...Casco para frente eu vamos dizer que eu acreditei.
Uma longa viajem com aquele fedor de coco de Pegasus Não era uma coisa muito agradavel para se sentir .
Cheguei no acampamento e fui para o chale 11 o Chale de Hermes e dos campistas inderteminados(o satiro me explicou tudo isso no caminho mais ok)
Cheguei , me acomodei em um Lugar no Chão, um campista de Hermes havia pegado um colchonete no chão e me acomodei , durmi um pouco, tive pesadelos com Esqueletos, mortos , lutas monstros ate que um Campista de Hermes me acordou e disse :
-Hey Puck vamos levantar pregiçoso que agora teremos um treino ...
-Ah ah ok ok.
Me levantei e fomos ate a Arena, eles me deram um escudo de madeira e uma Adaga .
Falaram para mim ir para os bonecos , pois não queria enfrentar um dos campistas mais experientes que eram : Daniel ,Matt,Luke,Lolla,Ash,Nick e Selene ( que era a lider de chale 11 mais ok)
Fui e começei a envestir contra uns Bonecos, Era divertido, me sentia com prazer em fazer aquilo,afinal sempre fui um Menino que as professoras diziam ser :
DO MAL !!!
Depois um campista que eu acho que era de Dionisio , era gordinho e tinha bochecas coradas , parecia um beberum ... me chamou para uma batalha
:
-Heu novato, vamos uma batalha ???
-Ahnn... ok
Entrei na arena , ele sacou uma espada ,e eu so tinha uma adaga , mais me virei do jeito que dava.O gordinho era valente, ele me dava umas envestidas do mal , tinha que me controlar para não morrer no primeiro dia , Quando ele venho contra mim , fiz a mesma coisa que fiz na escola quando um muleque me chamou de : ESTRANHO OTARIO
Ele veio correndo e eu passei o pe nele, ele caio que nem bosta, coloquei meu pe em seu pescoço sem fazer força, afinal não queria mata-lo , eu falei :
-Desiste ?
-Ok ok...
Ele se levantou e saio correndo fora da Arena, eu voltei pro chale 11 cansado , e dormi direto que deitei na cama ...


Atualizado por Ares
Nota:8,5
Experiencia:5X28=140

avatar
Puck Darkon

Mensagens : 16
Data de inscrição : 27/02/2012
Idade : 19
Localização : No Chale 13 ou Locais Escuros do Camp

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Luke Bertoloto em Seg Mar 19, 2012 8:53 pm

Eu tinha acordado depois de minha missão.Era um dia normal no acampamento:Filhos de Apollo jogando vôlei,filhas de Afrodite fofocando,o Dani comendo panquecas no café da manhã...
Eu decidi ir treinar espada e escudo.
Quando cheguei na arena eu vi que Matt ia ser o tutor hoje:
-Oi Matt-disse eu enquanto eu entrava na Arena
-Oi Luke,como foi a missão?
-Eu estou vivo,eu creio que isso seja algo bom.
Então me juntei a Dani e Ashley.
-Escolham uma dupla-Eu dei para Dani o mesmo olhar de quando davam atividades em dupla na escola.-O treino é simples:um usa uma espada e o outro um escudo.Se o da espada conseguir acertar o corpo da pessoa com o escudo,ele ganha.Se ele não conseguir acertar em menos de cinco minutos,o do escudo ganha.Perguntas?
-Vai ter bala para o que se sair melhor no treino-Perguntou um campista de Apollo com uns 9 anos
-Alguém tem alguma pergunta que preste?Ótimo,então comecem!
-Vamos tirar dois ou um para ver quem começa com a espada!
-Eu começo e pronto.
Então Dani se posicionou dois metros a minha frente e nós começamos:
Eu mirei em seu braço esquerdo,que ele conseguiu proteger facilmente com o escudo.Então aproveitando o lado direito de seu corpo estar com menos proteção eu tentei acertar seu braço,mas Dani foi mais rápido e jogou minha espada para longe com seu escudo.Depois de pegar minha espada nós continuamos nosso duelo,até que meu relógio apitou: Já havia passado cinco minutos.
-Foi sorte!-eu disse
-Não,você que é ruim mesmo
-Vamos continuar o treino!
Então nós invertemos as posições:Dani atacava e eu defendia.
Ele começou tentando acertar meu rosto,mas eu defendi com meu escudo.Então ele aproveitou para tentar acertar minhas pernas,mas eu pulei antes de ele me acertar.E o combate se estendeu até os cinco minutos,quando meu relógio apitou de novo:
-Ganhei!
-Foi sorte!
Então nós dois voltamos para os nossos respectivos chalés.
avatar
Luke Bertoloto

Mensagens : 189
Data de inscrição : 24/09/2011
Idade : 19
Localização : Chalé de Atena

Ficha Demigod
HP:
74/100  (74/100)
Level: 8
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Puck Darkon em Qua Mar 21, 2012 6:28 pm

-Um... Mooooorte, hum... AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
Plof
Bom Primeiro eu cai da cama, um dia normal pra qualquer pessoa, não pra mim.
No meu chale so tinha eu e meu meu Irmão Cadel, ele era meio quieto e timido,ja eu ja era mais frio e extrovertido e vamos dizer "Seco as vezes"
Bom eu fui e olhei meu Horario , EU ESTAVA ATRASADO PARA MEU PRIMEIRO TREINO COMO FILHO DE HADES ... bem era bem meu estilo, Peguei minha Guitarra(sim minha guitarra ) e minha Espada de Ferro estigio e fui correndo ate a Arena, bem minha Prima era quem aplicava, o treino, para mim não chegar sem que ela percebe eu controlei as sombras por uns 5 segundos , por sorte ela não me vio (era o que eu achava)
-Hum Puck Darkon...Não veio
-EU EU EU ! Eu estava aqui u-u
-Nao estava, eu sei o que eu faço então fica quieto Primo...
-Ok-Eu disse calando a boca, tambem com ela te ameaçando e o que faz
-Bom vamos começar, bem vamos jogos em duplas, ira ficar, Eu e dani, Ash e Luke, e por Ultimo... Nick e Puck, o Jogo e simples, um mini Captura a bandeira so que com quatro equipes, ja deu pra entender então separar e vamos !!!!!!!!
Vi uma Batalha Rolando enormemente, Luke vs Dani , E os irmãos raio um versos o Outro isso siguinificaria que eu fiquei com a :Ash Eu falei :
-Eu não vou bater em voce, e uma garota, não vou lutar com voce
-Então so voce Apanha
Ela sacou sua espada e veio com uma velocidade atras de mim (eu estava protegendo a bandeira) .
Ela me atacou de todos os angulos possiveis, eu estava defendendo com minha espada ate que ela a Jogou longe , Eu estava desarmado, tinha minha Guitarra então fiz a unica coisa que pensei, Começei a tocar ali
Toquei um Rock Pesado, ela ficou com uma cara tipo : WTF ?
Então ei falei :
-CAVEIRA !
Da parte inferior da minha guitarra virou um Macho e eu dei um ataque giratorio, Ela defendeu mais eu joguei sua espada longe, Mais ela sacou sua adaga, me derrobou.
-Boa
-Briagada ;D
-Mais não acabou
Passei uma rasteira nela e fiquei em sombras, ate aparecer atras dela e a derrubar (com cuidado) e fiquei em Cima dela com a Guitarra machado ate que ela virou e o jogo virou completamente, a guitarra estava no meu pescoço,so que agora não podia passar rasteira e falei :
-Ok , voce ganhou ...
-Eu sei
Ela saio de cima de mim e foi fazer o Ponto quando Vi lolla correndo e marcando ponto com a Bandeira do Time de Luke e Ash, eu voltei pro Chale 13 cansadão, me deitei e Dormi por um longo tempo
avatar
Puck Darkon

Mensagens : 16
Data de inscrição : 27/02/2012
Idade : 19
Localização : No Chale 13 ou Locais Escuros do Camp

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Lolla Aryan em Qua Abr 04, 2012 9:48 am

-Não olhe mais na minha cara. Não ouse falar comigo. Não cite meu nome. Você morreu pra mim. Nesse momento. - Eu berrava, enfezada. Daniel me encarava, atônito. E havia uma garota ao seu lado. Quem era? Alguém que fora o motivo de eu cantar Teardrops On My Guitar até não poder mais. Espera. O que eu estava fazendo, mesmo? Eu tentava parar de berrar, mas as palavras pulavam pra fora da minha boca. Até que tudo ficou escuro.
-ACOOOOOOOOOOOOOOOORDA, SUA DOIDA! - Nick me jogou da cama.
Eu soltei um berro. Agudo, talvez até estridente demais. Pior do que quando eu e Dani colocamos uma lagartixa no chalé 10.
-Foi... foi um sonho? - Perguntei.
-Deve ter sido. Você ficava berrando coisas sem sentido, e parecia irritada. - Ele contou. A verdade é que aquela não fora a primeira vez que eu sonhei com aquilo. E os sonhos eram exatamente iguais, só com mudanças mínimas. Dizem que sonhos de semideuses nunca são só sonhos. Mas eu me recusava a acreditar naquilo. Além do mais, ela estava bem longe, não estava? Esperava que sim.
-AFRODITE. SE FOR VOCÊ BAGUNÇANDO MINHA CABEÇA, VAI CAGAR. - Berrei aos céus.
-Quer falar sobre isso? - Nick ofereceu.
-Não. - Disse, já pegando uma roupa e indo pro chuveiro. Pela primeira vez em séculos, não demorei no banho. Saí do chalé, meu pensamento longe. Comecei a andar sem rumo pelo acampamento. Meu treino seria só a tarde. Até que alguém aparece atrás de mim e beija minha bochecha.
-Bom dia. - Dani sorriu. - Onde está indo?
-Bom dia. Sinceramente? Não faço ideia. - Dei de ombros.
-Está tudo bem? - Ele levantou uma sobrancelha. Eu geralmente escondia direitinho o que estava sentindo, mas Daniel me conhecia bem demais.
-Só um sonho estranho. - Confessei. - Mas estou bem.
-Quer me contar?
-Não. - Admiti. - Estou bem, sério. - Encarei-o. Dava pra ver na cara dele de que ele não acreditava realmente no que eu dizia. Ele ia abrir a boca pra discutir, quando Ashley apareceu.
-Lollaaaa! - Ash me abraçou. - Olá. Enfim. Quíron está te chamando na sala dele. - Ela piscou. - E você não vai gostar nada do motivo.
Relutante, deixei Dani e Ashley lá e fui à sala de Quíron.
-Lolla, querida! - Quíron sorriu ao me ver. - Preciso de um favor. Uma de nossas acampantes de verão irá nos visitar, porque a escola dela está em greve de professores. Provavelmente uma semana. Como ela não vai ter aula, resolveu vir pra cá. - Ele contou. Não era novidade. Quíron geralmente pedia a mim, ou Dani, para ajudar os campistas. - Então achei que poderia orientá-la, já que ela não vem pra cá a algum tempo. A campista é aquela sua amiga, Bethany Houston. Chalé 10. Lembra dela?
Eu fechei a cara no mesmo instante. A verdade era que eu odiava aquela garota com todas as minhas forças. Por muito tempo ouvi Dani falar sobre como a voz dela era doce e o cabelo dela era macio, e que se ele pudesse ficaria abraçado com ela o dia todo. Eu ouvia pra ser legal, e ficava quieta. Via os dois juntos e fingia não ligar. Não era uma tarefa fácil nem agradável.
-Ela não é minha amiga. - Respondi, apenas. - Por que pediu pra MIM? - Encarei-o, irritada.
-Achei que iria se incomodar se eu pedisse pro Daniel, então achei melhor... - Ele explicava.
-Saquei. - Cortei-o. - Pode ter certeza de que ela vai ter uma calorosa recepção. - Forcei um sorriso.
-Ela chega depois do almoço. - Ele completou.
-Ótimo! - Zombei e saí pisando duro da sala. Porque, afinal, a garota do meu sonho era Bethany Houston.
Afastei tudo aquilo da minha mente perturbada e fui falar com Dani e Ash em frente ao chalé 7.
-O que Quíron queria? - Dani perguntou.
-Ah, não era nada. - Menti, mesmo sem saber porque menti.
-Lolla. Quíron me contou porque ele te chamou. Para de mentir. - Ash me encarou. Eu xinguei baixinho. - Que horas ela chega?
-À tarde. - Disse, entre dentes.
-Que horas quem chega? - Dani perguntou, confuso.
-Bethany Houston. - Ela respondeu.
-Bethany...? - Ele ficou quieto por um minuto, como se o nome lhe fosse familiar. Um surto de entendimento transpareceu em seus olhos algum tempo depois. - Ah. A Bethany. Ela vai vir?
-É. - Respondi, mais seca impossível.
-Ah. Faz tempo que a gente não vê ela. - Ele comentou.
-É. - Repeti. Ele percebeu que devia mudar de assunto, mesmo que eu achasse que ele não havia entendido direito a gravidade do negócio. Algum tempinho depois, Dani foi pro treino de arco e flecha. A preguiça da Ash falou mais alto e ela não quis ir. Sentamos na varanda do meu chalé e ela me atacou:
-Afinal. Animada com a chegada da ex do Dani?
-Ela não é ex dele, Ash. Eles nunca chegaram a namorar. - Corrigi.
-Que saibamos. - Ela corrigiu.
-Ele teria me contado. - Disse, decidida. - Naquele tempo ele não sabia que... - Parei. 'Ele não sabia que era tudo em que eu pensava antes de dormir.', completei em meu pensamento. - Enfim. Ele não esconderia isso de mim. Dani deixava bem claro o que pensava dela. - Parei de novo. 'Pensava'. Passado. Para com isso, Lolla Aryan. Não é como se ele ainda sentisse algo por ela. Ou fosse sentir se a visse dando em cima dele de novo. Harmony amaria aquilo. Deuses, como eu consegui pensar em Harmony naquela hora? Enfim. Tentava afastar aquilo de minha mente, mas Ash não ajudava.
-CIUMENTAAA, LARGA DE SER TÃO CIUMENTAA! DESSE JEITO NEM O DANI TE AGUENTAA! - Ela berrava, feliz.
-Cala a boca, Ashley. - Mandei. A verdade é que eu realmente sou ciumenta. Foi nos tempos Dathany que descobri quais eram as duas melhores coisas de ter um chalé só pra você: Poder agir como louca sempre que quissesse, e a quantidade infinitas de travesseiros que nem eram usados. Por isso, um deles era diariamente pisado, tacado e mutilado enquanto eu berrava ofensas. Isso é muito terapêutico. Claro que hoje em dia não posso (e nem quero) fazer mais isso, já que tenho meu irmão. Mas enfim. Após algumas ameaças envolvendo fita crepe, fiz Ash calar a boca. Depois do almoço, sentei com Dani em frente à porteira enquanto ele me contava como havia sido o treino.
-Ele falou e eu fiquei tipo 'ãã?', sabe? E aí eu... - Ele ria tanto que nem conseguia contar a história direito. - E aí eu peguei a flecha e... - Pela 1a vez, ele não tinha parado a história por causa dos risos. Um taxi amarelo tinha parado na porteira. Quando ela saiu do carro, parecia que o mundo havia parado para observá-la. Ela estava igual ao que eu lembrava, mas parecia ainda mais bonita, caso fosse possível. Apesar de ser filha de Afrodite, não lembrava nada a Harmony. Seus longos cabelos loiro escuros levemente ondulados nas pontas caíam perfeitamente em seu rosto em forma de coração. As maçãs do rosto se destacavam e seus olhos verdes estavam contornados levemente com um lápis de olho preto. Seus lábios carnudos se formavam em um sorriso estonteante, e mesmo com o vento, nenhum fio de cabelo grudava em seu gloss. A roupa que ela usava deixaria até Ashley com inveja. Bethany Houston era... Perfeita. Seus olhos encontraram Dani e se arregalaram, reconhecendo-o.
-DANIIII! - Ela berrou, feliz e o abraçou. Sua voz era como Dani descrevia. Doce, envolvente. Será que ela cantava? Só faltava isso.
-Oi, Bethany. - Ele deu um sorriso sem graça.
-Olá. - Acenei, como se a lembrasse de que eu estava ali.
-Ah, oi. - Ela olhou pra mim. - Eu não me lembro de você. Você é...? - Ela perguntou, parecendo sincera. 'A namorada do garoto que acabou de abraçar, sua vaca.', eu tinha vontade de berrar. Mas por algum motivo não o fiz.
-Lolla Aryan. - Forcei um sorriso. - Chalé 1.
-Ah. Eu ainda não me lembro de você. Mas então, - Ela se voltou pro Dani. - Eu me lembro como se fosse ontem de nossos treinos de espada e escudo, quando disse que eu era a sua melhor amiga e...
-Ah, ele disse, é? - Encarei Daniel. Ele mordeu o lábio, e sussurrou 'conversamos depois'. Bethany me ignorou.
-...E você ficava tão fofo dando em cima de mim! Não ficava, Lolla? - Ela olhou pra mim. Daniel ia me pagar por aquilo.
-E como sabe que eu estava no acampamento naquela época? Achei que não lembrava de mim. - Contestei. O sorriso sumiu de seu rosto.
-Chute. - Ela disse, seca. Mentira. Qual era a dela, dizendo que não lembrava de mim? - Enfim. Ah, Dani, temos tanto pra conversar! - Ela dizia.
-É, acho que precisam de um tempo a sós. - Zombei, irritada. Por que Daniel ficava quieto ouvindo-a dar em cima dele? - Fui. - E saí andando, tentando não transparecer meu ódio. Sentei na porta do chalé 1 com meu violão e comecei a tocar 'Shut Up!', do Simple Plan. Talvez porque fosse exatamente o que eu queria que Bethany fizesse: Calasse a boca. Uma sombra apareceu atrás de mim.
-Obrigado por não explodir. - Daniel agradeceu, sem graça. - Vou resolver isso. Prometo. - Ele me encarou, parecendo sincero. Eu não aguentei.
-Ah, é? Não parecia querer resolver nada enquanto ela jogava o charme dela em você. - Rebati.
-Então era isso que ela estava fazendo! - Dani disse, como se tivesse acabado de se dar conta disso. Belisquei-o. - Ai! - Ele protestou.
-Acorda! Ela é uma filha de Afrodite! O que achou que ela faria? Riria de tudo o que você falasse e dormiria pedindo pra sonhar com você? Colocaria uma foto sua embaixo do travesseiro todas as noites sem que ninguém soubesse? Pegaria essa droga de violão e cantaria alguma coisa melancólica? Acho que não. - Retruquei. A verdade é que eu nunca havia contado essas coisas pro Dani.
-Eu... - Ele parou, sem saber o que dizer.
-...Afinal, o que foi tudo aquilo de 'melhor amiga'? Droga, Daniel. - Cortei-o.
-Lolla Aryan. - Ele me encarou. - Eu... Eu gostava dela, Lolla. Tinha que mostrar que ela significava algo pra mim, ou sei lá. - Ele se defendeu.
-É, parece que conseguiu, não é? - Apontei em direção à porteira. Garotas normais enciumadas mandariam Dani ir falar com a Bethany e pronto. Mas eu tinha que dar todos os meus argumentos e contestar todos os dele antes de fazer isso.
-Vou resolver isso. - Ele repetiu. Parecia que queria dizer mais, mas percebeu que nada do que ele dissesse ia adiantar. - Confia em mim. - Ele pediu.
-Ok. - Concordei, sem muito ânimo. Eu não queria brigar com Dani. Só... Fazê-lo cair na real de algum jeito. Uma corneta soou.
-Treino de Espada e Escudo. - Dani anunciou. Eu estava levantando quando ele completou: - Bethany vai estar lá. Quer mesmo ir? - Ele levantou uma sobrancelha.
-Não vai ser ela que vai me fazer faltar em um treino. - Disse, seca. Treinos são coisas sagradas pra mim. E Daniel sabe disso. Eu saí andando, sem me preocupar em ver se ele estava atrás de mim. Tive uma surpresa: Bethany não somente estava no treino, como era a professora.
-Pronto, ele chegou! Vamos começar! - Ela sorriu e eu juro que vi um garoto do 11 quase desmaiar. Uma ideia estranha veio em minha cabeça: Se Bethany não sabia que eu era a namorada do Dani, por que raios ela me ignorava tanto? Era algo que eu tinha que descobrir. - Bem, esperem um pouquinho que vamos sortear as duplas. - Ela pediu. Eu fui até Selene Jasper e pedi um pequeno favor.
-Enfeitiçar a caixa pra você sortear a Bethany? - Selene me encarou. - Tarde demais. Ela já pediu pra eu fazer o Dani sortear ela. - Ela deu de ombros.
-Por favor! Se não quer fazer por mim, faça pelo Dani. É importante. - Pedi. Após uma pequena discussão, ela acabou concordando. E cumpriu sua palavra. Quando puxei o papel da caixa, tinha duas letras bem claras escritas: - BH. - Disse, como se não soubesse de quem se tratava. Ouve um momento de silêncio antes de Bethany se pronunciar.
-Acho que sou eu. - Ela confessou, de mau humor. Após todos pegarem um papelzinho, começamos a duelar. Eu pensei em pegar leve, já que ela treinava pouco e era filha de Afrodite e tals ;D Mas esse pensamento foi embora rapidinho. Quase infinquei a adaga nela nos primeiros 5 segundos, mas ela desviou de última hora. Eu controlava a luta. Avançava sem dó e tentava tacá-la no chão sempre que podia. Até que consegui. Quando vi estávamos caídas no chão, minha adaga em seu pescoço.
-Últimas palavras? - Perguntei.
-Eu sei sobre você e o Dani. - Aquelas palavras me desconcertaram. Bethany aproveitou aquele momento para nos fazer rolar e ela colocar a adaga em meu pescoço.
-Há quanto tempo sabe disso? - Perguntei.
-Ah, desde sempre. - Ela deu de ombros. - Eu sigo ele no twitter.
Me segurei para não rir. Aquilo era tão... Tosco.
-Então sabe muito bem o que fazer. - Encarei-a.
-Acha que o tem bem na palma de sua mão, né? - Ela riu. - Pense de novo. - Na palma de sua mão... Aquilo me deu uma ideia. O espelho de duas faces estava no meu bolso. Rezei pra que Dani estivesse com o dele.
-Dani. - Sussurrei, esperando ter conseguido ativar o espelho. Bethany não parecia ter ouvido meu sussurro.
-...Sabe, não é como se eu te odiasse. Mas o que o Dani e eu temos é verdadeiro, e nenhuma pirralha loirinha pode quebrá-lo.
-Pirralha? - Eu ri. - Meu QI é maior que o seu, garanto. E além do mais, sabe quantas garotas me odeiam nesse acampamento? Uma a mais, uma a menos... - Dei de ombros.
-Mas nenhuma delas desconcentra Daniel como eu faço. - Ela retrucou.
-Usando poderes idiotas de Afrodite até eu, né amiga?
-Deixa eu te contar uma coisa. Algo que pouca gente sabe. Meu poder não é forte o bastante pra criar amor. O garoto tem de sentir algo por mim para ele funcionar. E alguns conseguem resistir a ele mesmo assim, sabe? Achei que gostaria de saber disso. - Após dizer isso, ela tirou a adaga de meu pescoço e saiu andando. Eu levantei, meio tonta. - DISPENSADOS. - Ela berrou e o povão começou a se dispersar. Dani foi o 1o a vir falar comigo.
-Olá! - Ele sorriu e beijou minha bochecha. - Vocês sobreviveram. - Ele comentou.
-O espelho de duas faces está com você? - Perguntei. Ele fez que não com a cabeça. - Vem comigo. - Peguei sua mão e o arrastei pra fora da arena. Quando tomamos uma distância segura, contei tudo o que Bethany dissera sobre os poderes. Ele escutava, atento. - ...Então se ainda sente algo por ela, tudo bem. Tipo, ela é linda, e tem tudo o que eu tenho que viver sem. Tem uma personalidade bem mais fácil, e a cabeça dela funciona de uma forma normal. O sorriso dela faz um mundo parar e ela é perfeita. Quero que seja feliz, tá? - Dei um sorriso fraco. Dani me encarou por alguns segundos.
-Lolla Alison Aryan. - Ele sorriu antes de finalmente me beijar. - Larga de ser tonta. - Foi o que ele disse, apenas. - Bethany sempre terá um pequeno espaço dentro de mim. Afinal, ela foi minha 1a paixonite. - Ele deu de ombros e me encarou com seus olhos azuis profundos pelos quais eu me derreto cada vez que encaro. - Mas você, Lolla, foi a 1a garota que eu amei de verdade. A 1a, última e única. E você tem todo o meu coração. Pra sempre. - Eu devo ter dado um sorriso muito bobo naquele momento. - E seu sorriso também para um mundo. O MEU mundo. E Bethany não é perfeita. Você é. Todo esse seu jeito explosivo, bipolar, sem noção e incrível é que faz com que eu me apaixone de novo cada vez que olho pra você. - Ele brincava com uma mecha do meu cabelo. - E seu ciúmes é fofo. Quando não dá medo, pelo menos.
-Não é ciúmes! - Me defendi. - É medo de perder. - Sorri. - Só isso. E tem que me prometer uma coisa. - Ele me encarou, curioso. - Você tem que ser menos lindo, porque eu já cansei de passar por essa situação. - Eu ri.
-E você tem que ter menos 'medo de perder'. - Ele riu também. - I'm forever yoours... - Ele cantarolou.
-Faithfully. - Terminamos juntos e eu o beijei de novo, com as mãos em volta do seu pescoço. Foi o tipo de momento de qual ninguém podia me tirar. Eu estava no meu paraíso, e nenhuma filha de Afrodite iria me abalar.


----------------

~ATT POR APOLLO~
Nota: 10 u-u
Comentarios: O Dani tem problemas com o chalé 10 -.-
EXP: 745.
avatar
Lolla Aryan

Mensagens : 197
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 18
Localização : São Francisco - EUA

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 17
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Lolla Aryan em Qua Abr 04, 2012 10:03 am

Tá enorme mesmo, viu bitches? u-u Não aguentei ^^
avatar
Lolla Aryan

Mensagens : 197
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 18
Localização : São Francisco - EUA

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 17
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Lolla Aryan em Qua Abr 11, 2012 10:41 am

-'CAUSE I'M HIIIIGHWAY TO HELL! I'M HIGHWAY TO HELL! - Um para-raio loiro berrava perto de mim.
-Cala a boca, Nicolas. - Mandei, um pouco antes de tacar um travesseiro nele. - Pera, VOCÊ tá acordado? Que horas são?
-Onze e meia. - Ele deu de ombros.
-Está zoando com a minha cara. - Acusei. Dificilmente eu acordava depois das dez. Peguei meu Ipod da mesa de cabeceira e olhei. Meu irmão não estava brincando.
-Perdeu treino, né? - Ele supôs.
-Não. - Admiti. - O treino da manhã era Arco e Flecha. Eu não planeja ir mesmo. - Dei de ombros e corri pro chuveiro. Lembro da minha reação ao chegar no acampamento e não ver uma banheira. Por mais que eu odiasse o fato de ser uma 'riquinha', ainda fora criada no luxo. Não que eu nunca tivesse tomado banho de chuveiro. Mas era... Estranho. Eu ri diante da minha versão 8 anos. - I'll stand by yoou, I'll staand by you. When everybody hurts you, I'll stand by yoou. - Eu cantava a única parte que eu realmente sabia da música. Depois de sair do banho, enrolei um pouco com meu violão antes de ir para o almoço. Surpreendentemente, eu estava com fome. Não havia encontrado Daniel no refeitório. Onde aquele garoto se metera? Ashley tinha as suposições dela:
-Olha, a Bethany também sumiu! - Ela apontou pra mesa 10. - Ah, esquece. - Ela retirou o que disse quando Bethany Houston voltou do banheiro. - Então... Talvez ele esteja com a... - Ash supunha.
-Ashley Thompson. - Adverti. - Já deu.
-Tá bom, tá bom... - Ela acabou concordando. Depois do almoço (e um tempo de digestão), fui para o treino de Espada e Escudo. Mal chegara na arena e Daniel já viera me dar boa tarde.
-Boa tarde, dorminhoca. - Ele me beijou.
-Boa tarde. - Eu ri. - Afinal, onde estava? - Levantei uma sobrancelha.
-Chegou uma garota nova no Chalé 6. Eu a estava ajudando, já que você estava dormindo. - Ele deu de ombros. Eu o encarei, acusadora. - Ela tem 8 anos, Lolla!
-Ah. - Fiquei vermelha. - Desculpe.
-Bom, gente, antes de começar, gostaria de apresentar nosso novo cérebrozinho, Lucy Wolf. - O treinador disse. Uma garota pequena, de cabelos loiros cacheados e um sorriso constrangido no rosto levantou a mão. Parecia... Uma mini eu. - Um de vocês vai ajudá-la hoje. Alguém gostaria de se pronunc... - Ele ia perguntando.
-Ah, treinador, - Lucy se pronunciou. Sua voz era poucos tons mais fina que a minha. - se não for incomodá-la, eu gostaria de treinar com a Lolla. Daniel falou tanto dela que eu fiquei curiosa. - Ela riu.
-Por mim tudo bem! - Concordei, animada. A verdade é que eu nunca gostei muito de crianças. Mas filhas de Athena que usam o sufixo '-lá', merecem uma chance.
-Então tá bom. O resto, formem duplas. - O treinador pediu e eu me aproximei de Lucy.
-Então você é a famosa Lolla Aryan. - Ela brincou.
-E você é o novo 'cérebrozinho'. - Brinquei junto.
-Deus, para com isso. - Lucy mostrou a língua, como eu faço às vezes. - Parece que as pessoas sempre esperam que eu... sei lá. Descubra a cura da AIDS, ou algo assim. Eu não sou uma nerd louca! - Ela protestou. - É isso que eles consideram o chalé 6? Não podem ver... além disso? Tenho um coração também.
-Os verdadeiros amigos te verão exatamente como você é. - Aconselhei. - Demorei algum tempo pra perceber isso.
-Você não sabe como é. Tenho sempre medo de fazer algo errado! Alguma besteira me condenaria pra sempre. - Ela desabafava. Deuses, eu havia acabado de conhecer a garota. Como ela podia se sentir tão a vontade falando comigo?
-Eu me sentia assim também. E quanto a fazer bobagens, não se preocupe com isso. - Pisquei. - Nunca conseguirá bater meu recorde. Os filhos de Deméter de 2008 me odeiam até hoje. - Eu ri.
-E o que você fez? - Ela me encarou, curiosa.
-Está vendo aquela floresta ali? - Apontei para a floresta. Ela assentiu. - Pus fogo em metade dela no meu 3o dia no acampamento. Desde aquele dia as pessoas tem medo do que sou capaz. - Dei de ombros.
-Por que você pôs fogo numa FLORESTA? - Ela me encarou, espantada.
-Estava com raiva. - Ri, como se fosse algo comum. - Filhos de Zeus não são muito calmos.
-Deve ser legal ter um chalé só pra você. - Ela disse, pensativa. A verdade é que eu não fazia ideia de como era o Chalé 6. Comigo sempre foi 8 ou 80. Dormir na varanda no 11, ou sozinha no 1. Não sabia como era ter uma cama pra você, mas ainda assim ter alguns companheiros de chalé.
-Não conte com isso. - Protestei. - Meu irmão vale por uns 8 campistas chatos.
-Ah, duvido. - Lucy rebateu. - Assim, eu não sou nada organizada. E o chalé 6 é... impecável. - Ela me encarou, sonhadora. - Eles pegam no meu pé por causa da minha arrumação medíocre da cama. - Ela riu. O desgosto de Lucy pelo irmãos não lembrava em nada minha reação ao ouvir falar do Chalé 6, quando tinha 8 anos. Resolvi contar algo meio pessoal pra minha pequena sósia:
-Ei, Lucy. Para com isso. - Ordenei. - Sabe, quando eu cheguei no acampamento, a coisa que eu mais queria era ir pro chalé 6. - Contei. - Todas aquelas pessoas de rápido raciocínio que tinham tanto pra me ensinar eram incríveis. Além de... - Eu não estava segura em falar sobre a próxima parte. Mas por algum motivo a garota parecia me entender. Deuses, ela tinha 8 anos. Onde eu estava com a cabeça? - Minha mãe. Eu realmente nunca me dei bem com ela. Nunca tivemos um bom relacionamento, nem nada assim. Estar no Chalé 6, ter uma nova mãe... ter ATHENA como mãe, provaria de uma vez por todas que eu não tinha nenhuma obrigação de manter um relacionamento com aquela mulher fútil. - Disparei.
-Meu pai é legal. - Ela contou.
-Duvido que qualquer namorado de Athena não seja. - Sorri. - Um dia vou te levar pra conhecer sua mãe. Eu adoro ela.
-Conhece minha mãe!? - Ela parecia surpresa.
-Eu conheço todo mundo. Sou excepcionalmente famosa. - Eu ri. - Enfim. Fiquei com medo no começo. Fui reclamada logo após explodir metade da floresta. Foi incrível ver aquelas caras amedrontadas me encarando. E Quíron revirando os olhos como se já prevesse aquilo. O que eu era, afinal? Uma bomba relógio? Queriam me por pra fazer Yoga pra relaxar! - Contei, indignada. - Pareço alguém que faz Yoga?
-Nem um pouco. - Ela balançou a cabeça.
-Mas o caso é que acabei gostando do chalé 1. Tem três vantagens: Um: Suas habilidades de liderança inflam. E eu A-M-O mandar. É algo que eu... simplesmente sei fazer. - Sorri. - Dois: Todo mundo tem pelo menos um pouco de respeito por você. Ou medo. Ou sei lá. - Dei de ombros. - E o três... - Deixei pairando no ar. - Eu te mostro qualquer hora. A verdade é que você acaba se identificando com seu chalé, de um jeito ou de outro. Sempre tem alguma coisinha que te atrai. - Pisquei. - Da onde você é?
-Nova York. - Ela disse.
-Eu adooooooooro NY! - Admiti. - Aquele cheiro de cachorro quente e grama me encanta.
-E você é de onde? - Ela levantou uma sobrancelha.
-São Francisco. - Contei. Ela pulou, como se tivesse levado um choque.
-DEUS! - Ela berrou, do nada.
-Aqui dizemos ‘deusES’. - Contei. - As pessoas ficam te encarando se você disser ‘Deus’.
-Ah. Tá bom. - Ela disse, sem se importar muito. - Mas é que... eu tenho um primo, ele mora em São Francisco. E ele me deixou uma coisa quando eu o visitei antes de vir pra cá. Eu não sabia pra quem era. - Ela me encarou. - Até olhar nos seus olhos.
-Está brincando! - Disse, surpresa. Só havia uma pessoa de São Francisco que amava meus olhos. - Eu vi seu sobrenome mas não liguei pra isso, e então...
-...E eu menti sobre só querer treinar com você por causa do Daniel. - Lucy deu de ombros. - Mas ele realmente falou muito de você. - Ela riu. - Mas ele tem razão em partes. Você é muito bonita.
-Não me acho bonita. - Corei. E estava sendo sincera. - Mas obrigada. Afinal, onde está a tal coisa?
-LOLLA ARYAN. - Ouvi o treinador berrar. - POR QUE VOCÊ NÃO ESTÁ TREINANDO A GAROTINHA? QUER QUE EU FALE COM QUÍRON? - Ele realmente achava que falar com Quíron sobre mim era uma ameaça?
-Fique a vontade. - Encarei-o. - Aproveite e diga que o frango do almoço estava meio seco. - Sorri. - Além do mais...
-Mas ela me ensinou sim, senhor! - Lucy me cortou. O treinador pediu pra ver e ela o atacou com sua espada duas vezes maior que ela. E o mais legal era que ela era boa. Eu a encarei, sem acreditar. Provavelmente a habilidade dela me salvara de uma conversa com Quíron. Não que fosse acontecer algo comigo. Mas eu já cansei de sentar naquela cadeira e Quíron fingir me repreender só pra não arrumar confusão.
-Obrigada. - Agradeci. - Mas como você...?
-Faço esgrima. - Ela contou. - Meu primo...
-Sei que sim. - Sorri. - Havia me esquecido disso.
-Por que não... treinamos? - Ela sugeriu. Eu assenti com a cabeça e a ataquei com a adaga. Peguei leve com ela no começo, mas depois percebi que não havia motivo pra isso. Claro que não. Ele era um ótimo professor. Só não conseguia ME ensinar as coisas. Mas enfim. Treinamos por pouco tempo, o tempo de treino já estava no fim. Ao fim do treino, a encarei:
-E a minha entrega?
-Eu... - Lucy começou. - Depois. Tenho umas... coisas pra fazer. Prometo que vou tentar gostar do meu chalé. - Ela piscou e saiu correndo. - FOI... FOI UM PRAZER TE CONHECER! - Ela berrou, já longe. Daniel quase me matou de susto:
-Fez uma amiga? - Ele apareceu atrás de mim, do nada. Eu sorri. - Sabia que ia gostar dela. E deve ter gostado muito mesmo, pra sacrificar seu treino e ficar conversando. - Ele observou.
-Ela é legal. - Dei de ombros. O resto do dia foi bem monótono. Ficamos a maior parte do tempo conversando. Não havia sinal de Lucy. Depois do jantar, fui para o meu chalé. Tomei banho e pulei no meu pijama. Quando encostei a cabeça no travesseiro a fim de examinar minha playlist, percebi uma coisa: O travesseiro estava duro demais. Olhei em volta. Meu irmão estava no banho. Coloquei a mão dentro da fronha e tirei dela uma pequena caixinha de papel. Papel vermelho. Quatro anos, e ele não tinha mudado nada... - Essa garota pensa em tudo, mesmo. - Sorri. Meu irmão teria com toda a certeza aberto a caixa se estivesse a vista. Abri a caixa correndo. Havia algo que reconheci imediatamente: A palheta da sorte dele. Havia um bilhete também, em uma letra não muito caprichada: ‘Ahnnn... Oi Lolla! (Caso não seja a Lolla lendo, feche isso e brigue com a minha prima. Por favor :] ) Talvez seja meio insano eu estar te mandando isso. Nem sei se você está VIVA! (Bem, se estiver lendo isso obviamente está. Ah, enfim.) Talvez eu tenha mandado minha palheta da sorte pros confins da terra e ela nunca chegue no objetivo, mas tenho fé de que é você a segurando. Acho que o que estou tentando dizer é... Sinto sua falta. Podia pegar um daqueles pégasos e me visitar qualquer dia, né? (Coisa que prometeu fazer 4 anos atrás e nunca fez. Coisa feia, srta. Lolla u-u) E eu quero minha palheta de volta! Ah, e cuide bem da minha priminha. Ela parece uma mini você, então consegue ser bem irritante quando quer. E quando não quer também. Droga, estou falando demais. Eu devia reescrever isso... Ah, tá bom assim. Eu ri. Ele era tão preguiçoso quanto Ashley. E fiquei feliz por ele não ter reescrito. Uma carta certinha não pareceria... ele. Então... trate de vir logo pra cá! E eu quero ver aquele dorgado do seu irmão e a sua amiga doida aqui também, hein?
Abraço, beijo, abraço, tchau, Ah, que se dane.
. Conti uma risada. Aquela carta era tão a cara dele, que tinha o poder, assim como eu, de falar mais do que devia e mesmo assim não dizer nada. Mesmo sem assinar, eu sabia exatamente de quem era. Abracei a caixa vermelha (sua cor preferida desde sempre) de Johnny Fink Wolf enquanto avaliava sua palheta da sorte, sem conter um sorriso.


---------------------

~ATT POR APOLLO~
Nota: 10 O/
EXP: 585
avatar
Lolla Aryan

Mensagens : 197
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 18
Localização : São Francisco - EUA

Ficha Demigod
HP:
90/100  (90/100)
Level: 17
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Sebastian White em Dom Ago 05, 2012 1:24 pm

(Desculpem se não posso postar ainda aqui, é que eu fiquei com vontade de treinar e.e)
Andava Calmamente pelo o acampamento, até chegar a Arena. Não conhecia muito sobre como manejar uma espada, ou qualquer coisa do tipo. Porém, ainda tinha uma espada de madeira e um Escudo, talvez desse para fazer alguma coisa com ambos os Dois. Seu pai olimpiano não havia nem o reclamado ainda, e estava perdido. Quem sabe com um bom treino, ele talvez notasse sua existência. Viu alguns bonecos por ali, enquanto segurava firmemente o cabo de sua espada de madeira. Talvez uma vez da vida ele poderia fazer alguma coisa, sentia que poderia conseguir. Apertou os Olhos suspirando, golpeando com a parte chata da espada no peito no boneco, fazendo assim em alguns lugares de seu corpo. Segurou com força sua espada e deu um pequeno grito:
- HA! - E foi quando golpeou seu peito com uma estocada direta, abaixando-se - com o escudo de madeira a cima da cabeça - e dando um golpe em seu pescoço - Um golpe Horizontal esquerda para a direita - colocando o escudo a frente do corpo logo em seguida, e chutando o "estomago" do boneco - Ok, não fora a melhor coisa a fazer - mais ainda praticava. Porém, ainda sim se sentia confiante para golpear. Deu um giro de 360º Batendo com força no seu braço esquerdo, logo depois golpeando o sua face com o escudo. Recuou alguns passos para atrás, com o escudo abaixo de seus olhos, protegendo seu pescoço e uma parte de seu peito. A espada ia a cima do escudo. Sua respiração estava ofegante, e ele soava um pouco. Seus instintos agora comandavam. Não sabia de onde vinham, porém, eram todos poderosos. Deu mais um pequeno grito de Guerra, que saiu meio errado, como um "HA" agudo. Golpeou com força a região de seu pescoço, com um golpe Diagonal de cima para baixo, girando com rapidez e golpeando sua cabeça com um golpe vertical - cima para baixo - bem no meio de seu Cranio. indo para atrás novamente com o escudo a frente do corpo, com a ponta da espada atrás do escudo, aos poucos se afastando, limpando o suor da testa e cuspindo no chão em um lugar próximo dali. Girou a espada novamente, agora tendo em mãos uma Adaga de bronze celestial, colocando a espada e o escudo em qualquer lugar por ali. Olhou para um outro boneco e foi correndo em sua direção, agora em silencio. Chegando próximo a ele golpeou seu peito - com um golpe horizontal esquerda para a direita -, abaixando-se e rolando para o lado, golpeando suas costelas com a ponta da adaga. Rolou para o outro lado novamente, saindo de perto do boneco. Respirava ofegantemente, enquanto segurava a adaga de outra maneira. Talvez agora seu pai/mãe olimpiano o reconheceria? Ainda não, ele precisava de mais. Guardou a adaga e foi até a espada e a pegou. Existia meio que uma Frieza em seus Olhos, observando seu oponente, tentando imaginar seu ponto fraco. " Nem tudo é força " pensou ele " Estratégia e velocidade de ataque " Suspirou, calmamente. Com velocidade correu até o boneco e Bateu com o cabo na cabeça dele, saltando, golpeando sua face com a parte chata da espada, com força o bastante para provavelmente desacordar um mortal ou semi-Deus. Suspirou, pegando a espada e o escudo, sentando-se um pouco, descansando.
( Está em terceira pessoa, costumo escrever assim)

------//------
Foi ótimo! De verdade. E olha que costumo ser bem chata às vezes, mas realmente não tenho do que reclamar.
Ps: Sinta-se à vontade para escrever em terceira pessoa. Acho que você é o único no RPG que escreve assim, e eu estava meio que sentindo falta disso aqui, haha'.
Nota: 10. (Não costumo dar notas assim para novatos, mas acho que você merece)
Situação: Aprovadooo ^^
EXP: 5 pontos a cada duas linhas. 20 linhas = 5 X 10 = 50 EXP.

~Athena
avatar
Sebastian White

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/08/2012
Idade : 20

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 3
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Sebastian White em Ter Ago 07, 2012 8:32 pm

Chegava a Arena, para mais um treino. Agora ele segurava um Escudo de bronze e em sua outra mão, havia uma lança média. Segurava a mesma com força, enquanto suspirava. Seria bom treinar com armas de verdade. Até um garoto chegou também a arena de treinamento. Olhou para trás, vendo que ele era imenso, segurando uma espada e um escudo como os dele. Os olhos castanhos emitiam pura maldade e tinha um sorriso malicioso. Olhou com desdém para Sebastian, como se tivesse pena.
- Ora um novato. – Disse ele, a ponto de rir. Ele estava sozinho, quer dizer, ambos estavam sozinhos. Cerrou os olhos segurando sua lança com mais força, virando-se de costas para ele, indo em direção novamente dos bonecos.
- Tome cuidado para não se machucar, fedelho – Disse ele, dando risadas logo em seguida. Parou por um momento, sem falar mais nada. Seu punho Tremia de tanta raiva que tinha. Ele era um Rapaz orgulhoso, apesar de tudo. Olhou por cima do ombro e apenas disse.
- E você, aprenda a contar até 20. – E voltou-se na direção do boneco. Ele pode ouvir passos Pesados atrás dele e rápidos, na mesma hora soube que ele viria lhe atacar. Virou o corpo com velocidade, colocando o escudo a frente do mesmo, parando sua estocada. Moveu alguns passos para trás, o garoto tinha bastante força.
- Ele ficou bravo? Que medo – Disse Sebastian, dando algumas risadas, fazendo o garoto ficar mais vermelho ainda de raiva, empurrando seu escudo para trás e dando um chute em seu peito, o fazendo cair no chão. Rolou para trás levantando-se, agora com a mesma expressão cheia de ódio.
- Lute feito Homem – Disse o garoto. Na mesma hora foi em sua direção, com várias emoções ao mesmo tempo tomando conta dele. A principal das era ódio. Porém, sabia que devia controlar isso, não podia passar daquilo. Ele foi um pouco mais rápido que o outro garoto, deu uma estocada com a lança tentando acertar a região de suas costas, porém, ele fora rápido e colocou o escudo a frente do corpo e girou o corpo, juntamente com a espada, tentando acertar seu braço. Para o azar dele, ele havia tentado acertar seu braço direito – o qual ele portava o escudo – por isso, Sebastian não mediu muito esforço para defender, mais aquela pancada de seu golpe. Deu um passou para trás, jogando sua lança a direção dele, que saltou para o lado esquerdo, saindo do alcance da mesma. O grandalhão sorria o tempo todo. Mais Sebastian não havia usado todo o seu potencial, não mesmo. Puxou sua espada, agora a luta estaria de igual para igual e ambos correram em direção um ao outro, com um pequeno choque de espadas, ambas estando na diagonal. Sebastian usava toda a sua força para segurar seu golpe.
- Ainda não me viu lutar – Disse ao grandalhão, com um sorriso no rosto. Recuou um passo para trás, puxando sua espada junto e golpeando suas costelas com uma escudada, empurrando-o um pouco para atrás, enquanto isso, deu um golpe horizontal – esquerda para a direita – acertando suas costelas, com sua força. O mesmo gemeu de dor e cambaleou um pouco para trás, porém logo ele estava pronto para mais uma. Agora sem sorrir ele partiu pra cima dele, como um touro. Conseguiu desviar de seu golpe da espada – que visava acertar diagonalmente seu ombro esquerdo, com um golpe diagonal, cima para baixo – porém, não escapou da seqüência do mesmo, a espada pegou em sua bochecha, fazendo um pequeno corte na região. Mesmo sendo um pequeno Corte, pode sentir uma queimação, dor no local. Porém, não parou por nenhum momento para fazer nada, apenas continuou com seus ataques. Ele era forte como um touro e também estúpido como um. Ele golpeava sem dó Sebastian, com golpes em todas as direções. Quando notou uma falha em um de seus golpes, não perdeu tempo: Aparou seu golpe com o escudo, abaixando-se e girando seu corpo, acertando sua perna esquerda com um corte horizontal, fazendo-o gemer mais uma vez de dor, porém ele parou seu giro com um golpe do escudo, empurrando-o para atrás. Mesmo aquele empurrão, havia doido. Caiu no chão, mais não perdeu muito tempo para atacar, notando que o mesmo estava meio que atordoado ainda com a dor que sentia, golpeou seu peito com o escudo, e lhe passando uma rasteira logo em seguida, fazendo-o cair no chão. Foi sobre ele, com a espada apontada para a sua garganta, apenas para lhe mostrar, que poderia o matar se quisesse.
- Antes de julgar um inimigo, o conheça. – Cuspiu no chão, tirando sua espada de perto de seu pescoço, pegando sua lança que estava por ali, e a guardando em suas costas, fazendo o mesmo com a espada, prendendo-a a sua cintura, e saiu dali, sem olhar para trás, com a mão em seu ferimento.

-----//-----
Bom treino.
Nota: 10.
Situação: Aprovado.
EXP: 5 pontos a cada duas linhas. 31 linhas = 15,5 X 5 = 77, 5 (vai virar 77 porque não temos EXP quebrada)

~Athena
avatar
Sebastian White

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/08/2012
Idade : 20

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 3
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Sebastian White em Qua Ago 08, 2012 10:16 am

Chegava novamente para um treino. Dessa vez, não haviam grandalhões metidos a besta, estavam ele e os Bonecos. “ótimo” o pensou, segurando sua espada de bronze celestial simples, enquanto na outra mão havia um escudo de bronze. Suspirava calmamente, enquanto pensava no que iria fazer. A lança estava bem presa, atravessada em suas costas, porém, não tinha planos de utilizar ela. Segurou com força no cabo de couro de sua espada e a girou, colocando o Escudo a frente do corpo, lembrando daquela sua primeira luta contra o grandalhão. Fitava o boneco com uma espécie de confiança nos olhos, como se tentasse saber o que ele tentaria fazer, caso fosse um inimigo real. Em silencio, partiu para o ataque, com velocidade, girando com a destreza que tinha a sua espada, chegando próximo ao boneco, abaixou-se, dando uma estocada na região de seu estomago, rolando para trás com o escudo a frente do corpo. Agora, ele se encontrava Atônito enquanto segurava sua espada, os olhos estavam cerrados pronto para um ataque ou defesa, o que viesse primeiro. Foi em direção do boneco com velocidade, chutando seu peito, com a parte de baixo do pé com força, ergueu a lamina da espada, dando um golpe vertical – cima para baixo – em seu ombro, golpeando seu estomago com o escudo, logo depois com um pequeno sorriso confiante no rosto, recuou com o escudo a frente da face, como se esperasse um golpe vertical, que visava acertar a região de sua cabeça. Saltou, dando um pequeno giro golpeando a região do seu peito com sua lamina como ele girou obviamente o golpe fora horizontal. Não perdeu tempo, e golpeou a região de seu pescoço com a parte chata da espada – aquele golpe faria que ele tivesse uma dor tremenda – Até que ouviu passos atrás deles. Suspirou, parando seu golpe, virando-se lentamente, vendo o mesmo garoto do dia anterior. Ele parecia maior dessa vez, os olhos tinham uma cor vermelha. Do Lado dele tinham dois garotos do mesmo tamanho com a mesma expressão nos olhos, só que ambos portavam uma lança e um Escudo, apenas o garoto do centro portava espada e escudo. Ele não sorriu, tinha e expressão fria.
- Peguem o Idiota. – Disse o garoto do meio, e os dois vieram para cima dele. Não deu muito tempo para ele pensar em alguma coisa para fazer, porém permaneceu firme, enquanto ainda segurava sua espada com força. Porém, eram dois contra um. Estava numa desvantagem, por ser menor e mais fraco. Sentiu-se fraco por um momento, o que fez o Grandalhão número um Sorrir. Devia ter notado aquilo. Foi antes que ele esperava: os Dois golpearam ao mesmo tempo, com as lanças fazendo um X, um vindo da direita – tentando perfurar a região de suas costelas que ficava ao lado esquerdo – e o outro, fazia o mesmo, só que ia da esquerda para a direita. Não teve tempo pra pensar em algo realmente eficiente, por isso, colocou o escudo a frente do corpo, parando parcialmente os golpes dos dois - A ponta das lanças bateram na na lateral e passaram reto.
Sentiu uma queimação na região de sua Costela fechou os olhos, sentindo algo escorrer pela aquela região. Era seu sangue escorrendo pelo o seu ferimento. Não sentiu mais nada. Abriu os olhos e notou uma expressão meio decepcionada nos olhos de ambos, um pouco assustada, por ele ter conseguido parar parcialmente o golpe com o escudo, fazendo acertar com uma intensidade menor do que esperado por eles.
Sebastian estava um pouco atordoado com a dor que sentia, porém, momentos depois ele já se mexia novamente, com mais agilidade que anteriormente – como se realmente soubesse o que fazer. Acertou o cabo da lança de um partindo-a ao meio, chutando seu joelho com força e acertando seu rosto com o cabo da espada, fazendo o cair no chão, cuspindo um pouco de sangue, atordoado.
O outro garoto foi mais rápido recuou para trás, antes que ele quebrasse sua lança também, e golpeou novamente Sebastian. Porém, não fora tão inteligente, tentando acertar o mesmo local do ferimento, como se quisesse agravar. Agora, mais esperto, Sebastian colocou o escudo exatamente a onde ele iria acertar, fazendo a ponta de sua lança bater no centro do escudo, mantendo firme seu braço, conseqüentemente absorvendo o impacto de seu golpe. Empurrou-o para trás com o escudo, indo a sua direção, chutando a boca de seu estomago e dando um golpe vertical, cima para abaixo na região de seu ombro. Rapidamente, com sua força quase máxima golpeou sua face com a parte chata da lamina – como fizera no boneco, a primeira vez que treinara – vendo-o cair no chão desacordado.
Sua respiração estava ofegante, enquanto ele segurava sua espada, observando o ultimo garoto por ali, sombriamente – mesmo que sem querer. Ele estava atordoado com aquilo, como se não acreditasse que aquilo fosse possível de se fazer. Porém, momentos depois, em seus olhos, surgiram aquele olhar Cruel que tinha, com um vermelho intenso. Girou sua espada fitando-o.
- Você me derrotou uma vez, não quer dizer que vai me derrotar de novo – Disse o Garoto, partindo para a cima dele. Infelizmente, ele sabia como ele iria atacar- pelo menos tinha em mente o que iria acontecer. Ele atacava com um touro, ou seja, derrubava o que tinha pela a sua frente. Porém tinha coordenação, caso ele pulasse para um lado no ultimo momento ele iria virar e continuar o ataque. Porém, não passou momentos de aflição. Estava até meio que calmo. A descarga de energia havia passado, e seu ferimento latejava, doía. Suspirou, então correu até ele, também, agora com sua lança em mãos. Chegando um perto do outro, Sebastian o fitou nos olhos, agora cheio de confiança. Ele investiu, tentando acertar seu ombro com sua lamina, porém, ele foi mais rápido em questão. Abaixaram-se, acertando com sua lança suas sua costela com força – não toda, não queria machucar muito o garoto, apenas queria provar para o mesmo que ele era plenamente capaz de derrotar ele. Bateu em seu peito com o escudo fazendo-o recuar para trás, e por fim, golpeou seu rosto com o escudo, aproveitando o momento. O mesmo caiu no chão, atordoado.
Sebastian respirava de forma ofegante. Seu ferimento latejava e queimava. Colocou sua mão no mesmo, sentindo sua mão se encher se sangue. Foi quando outro garoto chegou por ali – Ele era alto, cabelos louros e tinha um sorriso no rosto, que meio que sumiu quando viu o garoto sangrando – o mesmo foi na sua direção, para o socorrer. Ele assoviou ao ver os três caras deitados no chão.
- Você deve ter feito um bom trabalho. Agora vou te ajudar, venha – Disse ele, apoiando seu braço por cima do ombro e o ajudando a sair dali.
avatar
Sebastian White

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/08/2012
Idade : 20

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 3
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Zeus em Seg Ago 13, 2012 9:55 am

Gostei, 8,75

Motivo Nem sei eu achei que merecia isso ^^

_________________
Zeus



Zeus Na Terra
avatar
Zeus

Mensagens : 54
Data de inscrição : 23/09/2011
Idade : 20
Localização : Monte Olimpo

Ficha Demigod
HP:
9999999/9999999  (9999999/9999999)
Level: 9999999999999999999999999999
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Annabeth em Ter Out 02, 2012 10:39 am

Estava com uma preguiça de sair da cama,na realidade tinhamos acampado entao era um "colchão",... mas não esquenta Lola ja havia feito esse favor para mim.
--Levanta preguiça!--Lola puxou o colchão com tudo fazendo com que eu cai-se no chão.
--Mas ainda são 07:30....--falei com uma voz meio de drogada.
--O cinderela,lembra que ontem ficou cheia de tititi com a Ashley,agora levanda dessa droga de chão que nós precisamos treinar!!--disse lola com um tom engraçado!
--Lola,você ta fazendo errado,não é para puxar ela do colchão! É pra taca aguá memoo!!--Ashley jogou um balde de aguá em mim--fazendoi com que eu me levantasse e corresse atras das duas.
--AGORAA EU PEGOO VOCÊEES!!!--corri o mais rapido possivel,agarei as duas,e joguei-as no lago mais ptóximo que tinha avistado,mas Lola e Ashley teem reflexos ate de mais,E agaram minhas maos e todas cairam nele,lago!
--...vocês ainda me pagam--todas nós rimos e aimos do querido lago de onde nos tinhamos "caido"!
Saimos dele ensopadas e pegamos varias toalhas antes que Ashley começasse a espirrar.
Todas pegamos nossas armas e fomos para a arena treinar,treinamos umas com as outras,com filhor de apollo,ares etc.É claroque lola venceu todas com sua encrível habilidade.
Pedi para elas irmos comer alguma coisa,ashley e Lola entenderam uashuahsuahsuahs,Entao fomos comer alguma coisa,fomos no subway...Ashley dividiu um de 15cm com Lola e eu comi um 30cm.
Depois ficamos conversando um pouquinho,e depois voltamos a treinar.
Aslhey poxou um assunto comigo.
--O que você acha da Lola?
--A...eu acho ela muito legal,uma boa amiga....
---Não,tipo o que vc acha dela nos treinos?
--Noossa,super boa cara--eu e ash adoramos falar girias! uahsuh
--Vei,eu acho que ela é boa até de mais,será que tipo,ela tem sei laa...algum segredo,ou alguam vitamina especial.....
--Saquei...ah s laah! Tipo uma vitamina de habilidade...
--Mas Annabeth,você é mais forte que ela!
--Siim mas ela é BEEEM mais habilidosa que eu em treinos!! uahsauhsuah
--GENTEEE!!--Lola nos chamou
--Queee--Eu e Ash respondemos ao mesmo tempo
--Venham veer isto!!
Chegamos laa,no lago,outro lago,tinha um tipo de pedra(BEEM GRANDEE)No meio dele,achamos que era preciso chamar alguém que entendia disso,nós não lembramos de ninguém, entao resolvemos chamar Quíron.
Ele havia nos dito que era apenas uma rocha que havia sido formada pela briga de Poseidon e Ares,coisa do tipoo.Boom,nos deixamos a misteriosa rocha la e voltamos a treinar.
Enfim,o verdadeiro motivo de eu ter acampado com as meninas é pa nos estavamos assistindo um filme de terror na televisao comendo doritos,como Lola se assusta facil de mais fez o favor de derrumar doritos em TODA a minha cama!E depois gravamos um video muito engraçado pelos campos.
Bom,o video falava sobre 2as super heroínas que lutavam contra o mal e precisavam viajatr para a cidade de Lá no estado de Lá!!! "Mas pera a i anna,vocês são em tres e você só citou 2 heroínas e a 3°?"
Bom a 3° é lógico que quis gravar e fez o querido favor de colocar o dedo na caixa de som,bom essa foi a nossa aventura por hoje,obrigada querido leitor!

-------------------------------------

Primeiro: Eu ri. HAUSHAUSHSUH
Segundo: Foi bem melhor do que último treino, é bom ver que você está crescendo <3
Terceiro: A Lolla mandou dizer que não sabia que o auto falante era o microfone e que ela NÃO tinha visto o Doritos u-u Tudo sua culpa por ter deixado o pote de Doritos no colchão.

RESULTADO DO TREINO:
Nota: 8,5
Situação: Aprovada (:
EXP: 5 pontos por linha. 40 linhas = 200 EXP

~Athena


avatar
Annabeth

Mensagens : 21
Data de inscrição : 23/09/2011
Idade : 18
Localização : Acampamento meio-sangue

Ficha Demigod
HP:
100/100  (100/100)
Level: 6
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treino de Espada e Escudo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum